Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Companhia aérea lançará voo mais longo do mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Companhia aérea lançará voo mais longo do mundo

Mensagem por Amilckar em Qui 13 Ago 2015, 14:54


Companhia aérea lançará voo mais longo do mundo


Emirates anuncia rota Dubai-Panamá, que durará 17 h e 35 min.
Atualmente, voo de 16 horas e 55 minutos é o mais longo.



A empresa aérea Emirates terá o voo mais longo do mundo (Foto: Raul Zito/G1)

A companhia aérea Emirates de Dubai anunciou nesta quinta-feira (13) que lançará em fevereiro um voo Dubai-Panamá, que será o mais longo do mundo.

Segundo um comunicado da empresa, o voo, realizado diariamente por um Boeing 777-200-LR, durará 17 horas e 35 minutos.

"Será o voo direto mais longo do mundo", afirmou a Emirates, acrescentando que o Panamá também será seu primeiro destino na América Central.

Entre os voos atuais mais longos figuram os que conectam Dallas e Sydney (16 horas e 55 minutos), Johannesburgo e Atlanta (16 horas e 40 minutos), e Dubai e Los Angeles (16 horas e 35 minutos).

Em 2013, por motivos de rentabilidade, o voo mais longo de todos deixou de operar, entre Cingapura e Nova York, a cargo da Singapur Airlines (18 horas e 50 minutos).

O voo da Emirates sairá às 8h05 de Dubai e chegará à Cidade do Panama às 16h40. O voo de volta sairá às 22h10 da Cidade do Panamá e chegará em Dubai às 22h55 do dia seguinte.

O preço do bilhete de ida e volta sai em torno de R$ 7.500.

Expansão
Em plena expansão, a Emirates tem uma frota de 235 aviões e cobre 147 destinos no mundo. A empresa é acusada por companhias americanas de concorrência desleal, junto à Etihad Airways e à Qatar Airways, as três companhias aéreas do Golfo que não param de se desenvolver.

American Airlines, Delta Air Lines e United Airlines acusaram em março as três empresas de ter  recebido 42 bilhões de dólares em subsídios de seus respectivos governos desde 2004. As três rejeitam as acusações.

Fonte: G1

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum