Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.



[Brasil] PF busca descobrir se presos em avião fazem parte de organização

Ir em baixo

[Brasil] PF busca descobrir se presos em avião fazem parte de organização

Mensagem por Amilckar em Qua 18 Nov 2015, 15:50

PF busca descobrir se presos em avião fazem parte de organização

Piloto ganharia R$ 50 mil pelo transporte e o comerciante, US$ 100 mil.
Avião que pousou na região de Araçatuba foi interceptado por caças da FAB.

 
Suspeitos deitados no chão são rendidos pela polícia (Foto: Reprodução/TV TEM)

O piloto e o comerciante que estavam no avião que foi interceptado pela Força Aérea Brasileira (FAB), na segunda-feira (16), foram presos pela Polícia Federal por tráfico internacional de drogas. A polícia tenta agora descobrir se os presos fazem parte de alguma organização criminosa ou se trabalham sozinhos, cruzando a fronteira de avião. Eles foram levados para a cadeia de Penápolis (SP).

Durante o depoimento, os presos optaram por ficar em silêncio. De acordo com o delegado que investiga o caso, Frederico Franco Rezende, os dois não quiseram falar a origem da droga, avaliada pela polícia em R$ 7 milhões. O piloto ganharia R$ 50 mil pelo transporte e o comerciante, US$ 100 mil para entregar a droga.
A única coisa que disseram é que a droga seria entregue em uma fazenda no interior de São Paulo, mas não falaram para quem ou em qual cidade. A polícia tenta descobrir para onde iria a droga.

 
Avião foi interceptado pela FAB na região de Araçatuba (Foto: Reprodução/TV TEM)

O homem e o piloto foram presos na noite de segunda-feira, por suspeita de tráfico internacional de drogas, após serem interceptados por caças da FAB no estado de Mato Grosso do Sul e obrigados a pousar na zona rural de Gabriel Monteiro (SP).

Entenda o caso

O avião estava com aproximadamente 350 quilos de pasta base de cocaína. Segundo a FAB, a aeronave Sêneca EMB-810C, matrícula PT-WHM, foi interceptada no nordeste do Mato Grosso do Sul e acompanhada por caças até a cidade do noroeste do Estado, quando foi obrigada a pousar em uma fazenda, onde funciona uma oficina de aviões na zona rural.
Além de equipes da FAB, a Polícia Federal também participou da ação e chegou a atirar contra o avião – um procedimento normal que tem como objetivo alertar o piloto para cumprir a determinação de descida, segundo a Força Aérea.

 
Aproximadamente 350 kg de cocaína foram apreendidos (Foto: Reprodução / TV TEM )

Fonte: G1

_________________
Carlos Amilckar
avatar
Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 11034
Reputação : 508
Idade : 53
Simulador preferido : P3D V3
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum