Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Notícias sobre o mercado de trabalho internacional de pilotos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Notícias sobre o mercado de trabalho internacional de pilotos

Mensagem por Amilckar em Sab 21 Fev 2015, 10:46

Notícias sobre o mercado de trabalho internacional de pilotos



Recentemente, a imprensa internacional veiculou duas matérias que, acredito, são de interesse para o piloto brasileiro entender melhor o que se passa no resto do mundo da aviação:

AirNation: “The Coming U.S. Pilot Shortage Is Real
Esta reportagem retoma o tal do “apagão de pilotos” americano com alguns fatos novos:


  • Um aumento verificado nos salários de pilotos de linhas regionais dos EUA, de U$ 20 mil/ano para US$ 30 mil/ano – que ainda é pouco para os padrões americanos, mas já representa 50% de aumento na renda deste segmento, o que é significativo;


  • O esforço da RAA-Regional Airline Association no sentido de estimular a formação de novos pilotos americanos, com um programa de subsídios aos instrutores recém-formados que tenham diploma de graduação;


  • O estudo da FAA para reduzir a quantidade de horas de voo necessárias para que pilotos com diploma de graduação possam checar o certificado de ATP (equivalente ao nosso PLA) – hoje, o piloto da FAA com nível superior tem este requisito reduzido de 1.500h para 1.000h; e


  • O esforço das companhias aéreas e dos sindicatos de aeronautas no sentido de criar normas para equilibrar o nível salarial dos profissionais em início e fim de carreira, permitindo que se ganhe mais no começo em troca de reduções salariais no final da carreira.



Bloomberg Business: “Budget Airlines Shop the World for Cheaper Pilots

Já esta reportagem trata das estratégias heterodoxas de recrutamento de pilotos de duas companhias europeias, a irlandesa Ryanair e a norueguesa Norwegian Air Shuttle (além de quatro outras companhias europeias de menor porte, que não tiveram seus nomes citados). De acordo com a matéria, baseada em estudos da Universidade de Ghent, na Bélgica, estas companhias estariam criando estruturas legais alternativas, baseadas em diversos países fora de suas bases, para diminuir os custos dos contratos de trabalho de pilotos.

Fonte: Canal Piloto

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum