Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


Boeing está falindo Gse_multipart13851

Boeing está falindo

Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Boeing está falindo

Mensagem por Wingman em Seg 04 Nov 2019, 12:44

Aproveito para reproduzir o texto do especialista em aviação, Ivan Sant'Anna, emitido no dia de hoje.

Caro leitor,


Durante o fim de semana, troquei diversos e-mails e WhatsApps com um comandante de Boeings 777 de uma importante companhia aérea asiática. Assunto: crise da The Boeing Company, que inevitavelmente a levará à falência se não for encampada pelo governo americano.


Para que fique claro o que estou afirmando, vou repetir: se não for salva pelos contribuintes americanos, a Boeing vai quebrar.


Meu amigo piloto encaminhou um artigo de 110 páginas cujo título é: Why Boeing is Going... The Deadly Path from Blackmail to Bankruptcy (Por que a Boeing está indo… O caminho mortal da chantagem para a falência).


O autor da matéria, David Spring, é professor da Universidade de Washington. Pela qualidade técnica de sua argumentação, vê-se que conhece o assunto. Estou me referindo ao trágico Boeing 737 Max.


+ O dia 10 de dezembro de 2019 deverá entrar na história do país. O governo do Brasil tomará uma atitude que abrirá uma oportunidade para você surfar os lucros da Bolsa sem precisar comprar NENHUMA ação. Clique aqui para saber mais.


Como se sabe, dois Max, um da Lion Air, da Indonésia, e o outro da Ethiopian Airlines, ambos novos em folha, caíram em circunstâncias idênticas, logo após a decolagem, com um intervalo de 132 dias entre um desastre e outro.


Em resposta, diversas companhias aéreas que já haviam incorporado o Max em suas frotas imediatamente suspenderam os voos da aeronave, antes mesmo que a Boeing e a FAA (Federal Aviation Administration) determinassem essa interdição.


Agora, o Senado americano está investigando o que realmente aconteceu com os Max e a verdade começa a surgir à tona.


O projeto Max é um Frankenstein. Como a aeronave tinha um defeito sério de concepção, numa tentativa canhestra de saná-lo, os motores foram deslocados 30,5 centímetros para a frente e outros 30,5 para cima. Disso resultou um jato aerodinamicamente ingovernável.


Para corrigir o defeito do defeito, a Boeing criou um sistema automático de controle de voo chamado MCAS. Mas decidiu não dar conhecimento de sua existência aos pilotos, excluindo-o do manual do Max (1.600 páginas). Por um cochilo, se esqueceram de tirar a sigla do glossário ao final do livro de instruções.


No momento, há aproximadamente 500 Max em poder das companhias aéreas que os adquiriram, imobilizados no solo. Outros 1.514 já fabricados, atulham os pátios de estacionamento (inclusive os de automóveis dos empregados) da Boeing em Seattle e de boa parte dos aeroportos do estado de Washington (noroeste dos Estados Unidos).


Como desgraça pouca é bobagem, descobriu-se agora que os Boeings 737 NG (Next Generation, parece piada), que compreendem os modelos 737-700, 737-800 e 737-900, estão apresentando fissuras na estrutura.


A Gol, por exemplo, interditou 11 NGs, além de sete Max há meses no solo. Diversas companhias aéreas estão imobilizando parte de seus NGs. Entre elas, a Koreian Air, a Ryanair e a Qantas. É questão de dias que outras empresas façam isso também.


Até o surgimento da crise atual, os 737 representavam 80% das vendas da Boeing Company, uma das componentes do índice Industrial Dow Jones de 30 ações. Trata-se da oitava em valor de mercado: US$ 211 bilhões.


Quando a Boeing falir, pedir concordata ou for estatizada (hipótese esta última que considero a mais provável), teremos um tombaço na Bolsa de Valores de Nova York, que acabará repercutindo na daqui.


O mercado está varrendo esse problema para baixo do tapete. Não por muito tempo.

Att. Ivan Sant'Anna
Wingman
Wingman
Capitão
Capitão

Masculino
Inscrito em : 22/04/2011
Mensagens : 234
Reputação : 13
Idade : 51
Emprego/lazer : Mercado Financeiro
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por Alexandre da Silva em Seg 04 Nov 2019, 19:29

Ivan Sant'Anna é um verdadeiro mestre no que se trata de acidentes aéreos. Tivemos o prazer de fazer uma entrevista com ele aqui no Voo Virtual. É uma pessoa que admiro muito.

- Realmente a crise na Boeing é de longe a pior já enfrentada, MCAS derrubando avião, pátio entupido de 737 e semana passada apareceu um áudio dos "grandões da Boeing" com mais uma grande polêmica. Pelo visto o MAX, vai demorar para sair do HANGAR.

_________________
W10 64 bits - Placa Mãe: ASUS P8Z77-V / Processador: Intel I7 3770K 4.2 Ghz - Memória: 32 GBs 4X8 HyperX 1866 MHz
Placa de Video: NVidia RTX 2060 6GBs DDR6 / Hard Disk: Seagate 1Tb + SSD 500 Gbs + SSD 1Tb/ Fonte: Thermaltake TR2 700P 700W


Meus cenários.
Meu canal no Youtube.
Alexandre da Silva
Alexandre da Silva
Marechal-do-Ar
Marechal-do-Ar

Masculino
Inscrito em : 20/02/2011
Mensagens : 6888
Reputação : 578
Idade : 31
Simulador preferido : MSFS 2020
Nacionalidade : Brasil

https://www.youtube.com/biro4fun

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por etops em Ter 05 Nov 2019, 07:39

IndiGO trocando 196 motores de Airbus A320 NEO. Airbus fazendo também reprogramação de software do NEO que apresenta problemas similares ao MAX em situações específicas de voo (A Lufthansa inclusive parou de vender as últimas fileiras do voo para manter o CG dentro de certos limites). Os NEOs da Azul tiveram inúmeros deligamentos de motores em voo também..

RR e seus problemas de motor no 787 (que ficaram no chão vários meses)e A380 (que explodiu em voo). Baterias do 787 que pegavam fogo.
Os A220 da swiss ficaram 1 semana no chão graças a problemas no motor.. Desligamentos em voo. (PW de novo, se não me engano). O A330 NEO da Tap deixando os tripulantes enjoados e ninguém sabe por que..

Enfim, vai falir todo mundo então! A Boeing tá em uma situação mais delicada que todo mundo aí, mas essa matéria não parece ser escrita por especialista de aviação. Max é uma aeronave aerodinamicamente ingovernável?? Os motores precisavam ser maiores e por isso foram deslocados criando uma diferença no comportamento do centro de gravidade. A Boeing não quer gastar em um projeto novo, as companhias também não querem um avião 100% novo(Custos de treinamento), então foi feita mais essa alteração no 737-200!  lol  Não tem nada de aerodinamicamente ingovernável. O MCAS atua (ou deveria atuar) próximo a situações específicas em que o CG do avião o torna difícil de controlar, impedindo o piloto de entrar nesse tipo de situação.. Não foi o que aconteceu, todos sabemos. Se o MCAS não tivesse entrado indevidamente (pelos problemas de sensores) e atuado de maneira bizonha (parabéns Boeing!) os aviões teriam pousado no seu destino como outras centenas de MAX mundo a fora. O MCAS sequer atua em condições normais de voo. A grosso modo é uma espécie de A-Floor dos Airbus, que, abaixa o nariz e coloca potencia máxima nos motores para evitar stall. Ou seja, deveria ser uma proteção.

Quanto às fissuras, tem em tudo que é tipo de avião, o caso aí é que vieram antes do tempo projetado. Não será o primeiro avião a apresentar o problema. E o NG já está mais que provado ao longo dos anos.

etops
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 10/03/2011
Mensagens : 707
Reputação : 49
Idade : 35
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por eduardoamll em Ter 05 Nov 2019, 11:59

Acho que está um pouco de especulação demais.
Esse problema no 737 NG possivelmente foi em algum lote específico de material, pois o projeto já tem mais de 20 anos. Nesse tempo Muitas aeronaves já foram fabricadas, voaram e foram pro machado sem apresentar esse problema.

Agora nessa questão do MAX, o problema principal que ficou evidente é a negligência da FAA, e possivelmente as coisas devem estar mais rigorosas para certifica-lo novamente.
eduardoamll
eduardoamll
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 21/07/2011
Mensagens : 1774
Reputação : 333
Idade : 30
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Engenheiro Civil
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por claudiofalcao em Qui 14 Nov 2019, 16:50

eduardoamll escreveu:Acho que está um pouco de especulação demais.
Esse problema no 737 NG possivelmente foi em algum lote específico de material, pois o projeto já tem mais de 20 anos. Nesse tempo Muitas aeronaves já foram fabricadas, voaram e foram pro machado sem apresentar esse problema.

Agora nessa questão do MAX, o problema principal que ficou evidente é a negligência da FAA, e possivelmente as coisas devem estar mais rigorosas para certifica-lo novamente.

Também acho que é muita especulação.
A Boeing é muito grande e com certeza, o impacto da parada do MAX já foi absorvido e não vai fazer a empresa ir à bancarrota.
Só espero que botem logo o MAX para voar. Acho que agora, o que está faltando é alguém ter pulso e bater no peito, puxando as rédeas para colocar o bichinho para voar. Tem gente lá que está com o...que não passa uma agulha.

_________________
Processador: Intel Core I7 4790K 4,0 GHz LGA1150; Placa Mãe: ASUS ROG Maximus VII Hero; Memória RAM: 8GB DDR3 Kingston 1333 MHz; CPU Cooler: Thermaltake FrioOCK; Fonte: ATX Thermaltake TR2 RX 850W; SSD: Samsung EVO 860 1TB; Placa de Vídeo: EVGA NVidia GeForce GTX 680 2GB; Sistema Operacional: Windows 7 Ultimate 64Bits; Monitor: AOC LED E2261FW 21,5" (FHD 1920X1080); Joystick: Logitech Force 3D Pro; Throttle: GS Throttle SE; Simuladores: FS9 e FSX Gold.
claudiofalcao
claudiofalcao
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 31/03/2011
Mensagens : 2145
Reputação : 77
Idade : 50
Simulador preferido : FS9 e FSX Gold
Emprego/lazer : Advogado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por Wingman em Qui 21 Nov 2019, 17:29

Segue os rumores....

Fonte: Infomoney
Por Paula Zogbi
21 nov 2019 15h40 - Atualizado 2 horas atrás

SÃO PAULO – Os acidentes envolvendo os aviões do modelo 737 Max, da Boeing, estão no epicentro de uma crise que provavelmente levará à falência da fabricante de aeronaves americana. É o que defende um artigo de 110 páginas intitulado “Why Boeing is Going… The Path fom Blackmail do Bankruptcy” (“Por que a Boeing está indo… O caminho mortal da chantagem à falência”, em tradução livre) de autoria do professor David Spring, da Universidade de Washington.

Repleto de frases fortes, como “a Boeing continua a priorizar lucro de curto prazo para a companhia acima da segurança das pessoas”, o documento publicado em maio (mas pouco difundido) defende que os acidentes não foram resultado de um “mero problema de software”. Segundo o raciocínio do professor, a aeronave em questão foi “projetada para cair” – e, em breve, ninguém no mundo vai querer se sujeitar a voar em um Boeing.

Por trás das quedas
Desde que dois trágicos acidentes com 132 dias de distância entre si mataram 346 pessoas, governos do mundo inteiro suspenderam por completo os voos com o 737 Max até que o erro no sistema de bordo seja corrigido. O regulador americano tem realizado testes e investigações sobre as tragédias.

A princípio, a informação difundida mundialmente é que uma mera reformulação de um software chamado MCAS seria suficiente para garantir a segurança dos passageiros. De acordo com o professor Spring, porém, o problema é muito mais profundo: o próprio software problemático só precisou ser construído como uma tentativa de corrigir artificialmente problemas estruturais graves na construção do avião. O jato é, basicamente, ingovernável do ponto de vista aerodinâmico, de acordo com o texto.

Outra grave acusação do relatório é que a Boeing teria excluído propositalmente o MCAS do manual de bordo do avião (mantendo acidentalmente a sigla no glossário do documento) e omitido todas as informações a respeito dos problemas de fabricação da FAA (órgão federal de regulação aérea dos EUA), das companhias aéreas que compraram unidades do modelo e de pilotos.

Para completar, a empresa teria descoberto, em 2016, que o 737 Max era mais perigoso do que antecipado – e aumentado o grau de desvio possibilitado pelo MCAS. No relatório, há imagens que explicam o funcionamento da aeronave com o software em questão).

Para o autor do artigo, quando as autoridades liberarem o uso do 737 Max novamente, é inevitável que ocorra um novo acidente envolvendo a aeronave. “Depois as companhias aéreas se recusarão a comprar o 737 Max e demandar centenas de bilhões em reembolso pelas centenas de 737 já vendidos. Então a Boeing não vai mais existir. A Boeing vai falir”, diz o texto.

O que já está acontecendo
Somando as unidades que pertencem a companhias aéreas e as estacionadas no pátio da Boeing, mais de dois mil Boeing 737 Max estão interditados. Para piorar, unidades do Boeing 737 NG, antecessor do Max, apresentaram recentemente fissuras na estrutura. Antes da crise, o modelo representava 80% das vendas da companhia. Os custos estimados pela própria empresa superam US$ 8 bilhões.

Agora, um fundo familiar acionista da empresa abriu um processo contra seu conselho administrativo, alegando que seus membros deixaram de investigar o MCAS após a primeira queda, em 2018. Segundo os acionistas, a atitude da empresa levou a uma “perda de credibilidade no mercado, reputação ferida e potenciais bilhões em custos com negócios e responsabilidades”. As ações na Bolsa perderam aproximadamente 20% de seu valor desde o segundo acidente.

Enquanto isso, associações de pilotos e tripulantes nos Estados Unidos disseram que irão se recusar a trabalhar em viagens com o 737 Max. Uma pesquisa conduzida em junho mostrou que metade dos passageiros também evitariam embarcar em aeronaves do modelo. Pilotos já abriram processos contra a companhia e fizeram inúmeros pronunciamentos criticando a postura da Boeing em relação ao 737 Max.

Oficialmente, a Boeing mantém uma página de atualizações constantes a respeito do Max. Na mais recente, de 11 de novembro, diz estar “dedicando um tempo para responder todas as perguntas” da FAA e que a aeronave é “uma das mais seguras para voar”.

Segundo a companhia, restam cinco etapas antes de o avião retornar aos céus: certificado de simulação junto à FAA; avaliação de pilotos e tripulação; certificado do teste de voo da FAA; submissão final ao regulador e a avaliação de um corpo multi-regulatório chamado JOEB (Joint Operational Evaluation Board). Em outubro, a Gol, única aérea brasileira a utilizar o 737 Max, disse esperar que or órgãos reguladores liberem os voos com essa aeronave em dezembro deste ano.

Wingman
Wingman
Capitão
Capitão

Masculino
Inscrito em : 22/04/2011
Mensagens : 234
Reputação : 13
Idade : 51
Emprego/lazer : Mercado Financeiro
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por claudiofalcao em Dom 24 Nov 2019, 22:35

Do jeito que a coisa anda, o MAX só vai voar no ano que vem.
Acho que quando ele voltar, a Boeing vai dar a volta por cima.

_________________
Processador: Intel Core I7 4790K 4,0 GHz LGA1150; Placa Mãe: ASUS ROG Maximus VII Hero; Memória RAM: 8GB DDR3 Kingston 1333 MHz; CPU Cooler: Thermaltake FrioOCK; Fonte: ATX Thermaltake TR2 RX 850W; SSD: Samsung EVO 860 1TB; Placa de Vídeo: EVGA NVidia GeForce GTX 680 2GB; Sistema Operacional: Windows 7 Ultimate 64Bits; Monitor: AOC LED E2261FW 21,5" (FHD 1920X1080); Joystick: Logitech Force 3D Pro; Throttle: GS Throttle SE; Simuladores: FS9 e FSX Gold.
claudiofalcao
claudiofalcao
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 31/03/2011
Mensagens : 2145
Reputação : 77
Idade : 50
Simulador preferido : FS9 e FSX Gold
Emprego/lazer : Advogado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por antoniointini em Seg 25 Nov 2019, 09:49

Eu acho interessante ler o relatório original (cento e poucas páginas em inglês). Ele traz bastante questionamentos importantes, embora tenha uma linguagem um pouco alarmista (não podemos culpar o autor, depois de 346 mortes). A correção do MAX não é trivial, e acho que o relatório explica bem o motivo para quem não é engenheiro. Se fosse "apenas" um erro de programação e ausência de redundância do sensor AoA, este avião já estaria voando. O remendo "MCAS" não foi feito por simples preciosismo dos engenheiros. É um problema bastante complexo.

Quanto à Boeing falir, o risco é zero. Não pela completa inépcia de seus executivos, mas pelo conceito de "too big to fail". Se o governo americano salvou a GM da falência, imagine o que não fariam pela Boeing, dada sua importância estratégica infinitamente maior do que a da fabricante de veículos. Mas a empresa tem grandes desafios pela frente, e faria muito bem se demitisse o atual CEO.

_________________
Antonio Intini
Pentium i7 7740 @ 5GHz GTX1080 32GB RAM
Prepar3d v4, FSX Steam Edition
antoniointini
antoniointini
Major
Major

Masculino
Inscrito em : 20/10/2011
Mensagens : 430
Reputação : 77
Idade : 40
Simulador preferido : Prepar3d v4, X-
Emprego/lazer : Engenheiro Químico
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por GustavoAguiar em Seg 25 Nov 2019, 14:37

GustavoAguiar
GustavoAguiar
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 30/09/2009
Mensagens : 537
Reputação : 52
Idade : 34
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Mecânico de Aeronaves
Nacionalidade : Colômbia

http://airprofiles.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Boeing está falindo Empty Re: Boeing está falindo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum