Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


Formação e Mercado da aviação. Gse_multipart13851

Formação e Mercado da aviação.

Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por vcmshalon Sex 02 Ago 2013, 10:39

Bom dia, senhores.

Meu primeiro post no fórum.
Procurei um tópico que já tivesse o assunto que abordarei aqui e encontrei (https://www.voovirtual.com/t20699-quanto-tempo-demora-para-alguem-ser-piloto) - mas segundo as regras do fórum, deve-se evitar a "ressuscitação" de tópicos sem respostas por mais de um mês. Então decidi criar outro.

Meu post poderá ser um pouco longo, pois para entender onde quero chegar, acho que devo contar minha história para que os prezados possam me ajudar com suas opiniões.

Pra começar, tenho 29 anos, casado, sem filhos.
Brevemente, desde pequeno sonhava em ser piloto, da FAB, no caso. Entretanto, sou míope, e como devem imaginar, isso impossibilitou minha entrada na EPCAr.
Segui minha vida e, impossibilitado de seguir carreira na Força Aérea, fui para o Exército (AMAN). Mas antes que pudesse me formar, sofri um acidente que interrompeu minha carreira e por conta disso fui reformado. Hoje, quase 10 anos após, não tenho mais nenhuma sequela daquilo que me impossibilitou de seguir no Exército.
Obviamente nesse período não me encostei, e segui outros rumos, formando-me primeiramente técnico em informática e recentemente Arquiteto e Urbanista. Estou atuando como Arquiteto, mas como devem imaginar, o início de carreira não é fácil. Aliás a pouca fatura de trabalho de um profissional liberal recém formado foi o que me motivou então a procurar realizar meu sonho: pilotar.
Procurei mais a respeito, e descobri que a miopia, ao contrário do que eu imaginava não era fator proibitivo para um piloto civil, ao contrário do que a FAB exige. Não cheguei a fazer o exame médico, mas pelo que conversei com meu tio (ortopedista e ex-navegador de xavante) o fato de eu estar completamente recuperado não impossibilitaria que eu prosseguisse com isso.
Procurei então saber o processo para a formação de PP, em busca unicamente e exclusivamente da realização do meu sonho. Fazer o curso com calma, poucas horas de voo por mês... Somente pelo prazer...
Fui no aeroclube de Juiz de Fora (onde moro) e captei tudo de informação possível para iniciar o curso na Aerocomander.
Antes de começar, conversei com um amigo da minha irmã que tem vários parentes, inclusive um filho, que são pilotos. A conversa com ele me deixou empolgado de tal forma que comecei a pensar não somente na formação em PP, mas também em PC, de modo a tentar construir uma carreira como piloto, assim realizando-me plenamente! Dessa forma comecei a pensar em me formar o mais rápido possível, afinal já tenho 29 anos. Fiz o teste ergométrico exigido e já estava prestes a marcar meu exame no cemal...
Foi quando começaram os reveses...
Minha esposa, insatisfeita com o emprego, decidiu sair para fazer concurso público, e acabou abrindo mão de mais da metade de nossa renda. Obviamente isso comprometeu meus planos, afinal, ainda que tenhamos reservas que possibilitariam a minha formação como PC, não acho que seja uma boa ideia gastar o que é exatamente isso: uma reserva.
Podem imaginar minha frustração...

Desde então, tenho remoído isso sozinho.
E por isso hoje cheguei aqui, escrevendo isso.
Sei que não é simples. Sei que para realizar um sonho alguns sacrifícios devem ser feitos. Sei que como PC o começo não é fácil, que além da continuidade de estudos, que teria ir para um grande centro onde TALVEZ conseguiria um emprego numa empresa de Táxi Aéreo, e que até chegar a trabalhar como PLA é um longo caminho e várias horas a serem voadas.

E por isso hoje cheguei aqui, escrevendo isso. Esse é o motivo de meu tópico aqui.
O quanto vale a pena o sacrifício pessoal (e, claro, financeiro) para tentar seguir essa carreira. Financeiramente, eu teria como me formar o mais rápido possível, pagando o curso e as horas de voo. Mas, com esse revés, considerando minha idade (29, o que penso bem acima da média dos iniciantes), vale a pena ainda assim apostar nisso?
Não adianta. Eu sei que sonhos são coisas que devemos sempre correr atrás, mas é impossível não levar em consideração o fator financeiro...

Enfim... Gostaria, se tiveram paciência para ler tudo, da opinião de vocês, baseado na experiência que vocês têm.

Muito obrigado!

vcmshalon
Recruta
Recruta

Masculino
Inscrito em : 02/08/2013
Mensagens : 3
Reputação : 0
Idade : 36
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Paulo Stavis Sex 02 Ago 2013, 11:49

Welcome !

Do jeito que as coisas estão hoje (02/08/2013) formar-se rápido não é um bom negócio porque o mercado não tem onde te empregar. As demissões na Web e na TAM dificultaram bastante a vida do piloto, quem já tem carteira de aeronave maior está indo pra fora do país.
Infelizmente essa é a realidade. A cadeia toda está parada, desde a instrução, que já está entupida de gente em geral, os taxis aéreos, aviação executiva e as linhas aéreas. Com isso a galera não evolui e não abre espaço para os outros.

Paralelo a isso a ANAC lançou o novo RBAC 61 que trata dos requisitos para obtenção de licenças. Esse RBAC elevou o mínimo de horas para obtenção do INVA de 150h (as que você tinha quando acabava o PC) para 200h (aqui há controversias sobre que tipo de hora é, mas só nisso dá uma diferença de 50h). Portanto o principal meio de obtenção de emprego pós-PC vai acabar ano que vem.

Em resumo: NA MINHA OPINIÃO eu seguiria o sonho, começava com o PP mas não largava o emprego e quando chegasse no fim dele iria avaliar a condição financeira, de mercado, etc pra ver se compensa ou não prosseguir.
Paulo Stavis
Paulo Stavis
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 3211
Reputação : 702
Idade : 29
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Douglas.Matos Sex 02 Ago 2013, 13:17

O Paulo Stavis realmente disse tudo, neste momento na aviação a "maré não está pra peixe", porém vai atras do seu sonho que é isso que o satisfaz, mas vai com calma hehehe thumbsup 

Douglas.Matos
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 17/01/2013
Mensagens : 3100
Reputação : 167
Idade : 25
Simulador preferido : Fsx-SE
Emprego/lazer : Auxiliar Administrativo / Financeiro / Suporte e Manutenção Hardware
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por vcmshalon Sex 02 Ago 2013, 16:24

Obrigado, Paulo e Douglas.

Esqueci-me de incluir no post anterior que essa notícia da TAM também jogou um balde de água fria, não só em mim, mas acredito que em todo mundo que tinha qualquer intenção de seguir na carreira de aviador.

Ao mesmo tempo, tem a questão da idade. Como vejo vocês dois, com 21 e 18 anos. Enfim... Começa-se cedo na carreira, e eu, concluindo o curso, estaria começando na mesma idade de idade de outros que teriam já cerca de 10 a 15 anos de carreira.

Por isso, associado à redução da grana disponível, que eu esfriei com a empolgação... Mas ainda não abandonei a ideia. Aproveito e pergunto se vocês são ou estão nesse caminho também?!

Abs.

vcmshalon
Recruta
Recruta

Masculino
Inscrito em : 02/08/2013
Mensagens : 3
Reputação : 0
Idade : 36
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Paulo Stavis Sex 02 Ago 2013, 18:51

vcmshalon escreveu:Obrigado, Paulo e Douglas.

Esqueci-me de incluir no post anterior que essa notícia da TAM também jogou um balde de água fria, não só em mim, mas acredito que em todo mundo que tinha qualquer intenção de seguir na carreira de aviador.

Ao mesmo tempo, tem a questão da idade. Como vejo vocês dois, com 21 e 18 anos. Enfim... Começa-se cedo na carreira, e eu, concluindo o curso, estaria começando na mesma idade de idade de outros que teriam já cerca de 10 a 15 anos de carreira.

Por isso, associado à redução da grana disponível, que eu esfriei com a empolgação... Mas ainda não abandonei a ideia. Aproveito e pergunto se vocês são ou estão nesse caminho também?!

Abs.

Eu estou com o PC/IFR/MNTE e a carteira de INVA checados, a intenção é conseguir uma vaga na instrução (está bem dificil, não abre vaga).

O que todo piloto e piloto-wannabe precisa saber é que a aviação é igual a maré: hora está alta, hora baixa, hora aumenta ou pouco menos, hora abaixa muito. Estamos agora no período de baixa, ainda não está terrível mas está baixo.
Agora é a hora de quem quer começar porém não deve ter pressa e deve ter uma segunda opção já funcionando (como no seu caso, arquitetura). Assim quando o mercado reaquecer, o que não se tem previsão, ou você está proximo de acabar ou já acabou os cursos.

Cabe fazer um parênteses e falar sobre a formação que é exigida hoje. Não sei qual seria sua meta, linha aérea ou algo menor. Tratando de linha aérea o mínimo do mínimo vai ser o PC/IFR/MLTE (multimotor), um jet trainer e o ICAO. O que seria cada um desses?

-PC/IFR/MLTE = 150h totais, incluindo 8h de avião monomotor IFR, 12h de avião monomotor IFR, 25h de simulador IFR e o resto de hora visual.
-Jet trainer = Curso voltado para iniciação da aviação à jato e rotina de cia. aérea. Por volta de R$ 4000.
-ICAO = Se o seu inglês não é bom, coloque ai algum tempo de curso normal, um curso específico e a prova (agora está R$ 700). O nível mínimo é 4, é aquela pessoa que tem um bom entendimento e fala. A prova não tem nada teórico, somente prática.

Isso é o mínimo. Com isso, na TAM, você precisaria de umas 1200h ou mais pra conseguir vaga. O que vai reduzir essa quantidade de horas é a faculdade, dizem que qualquer faculdade vale porém uma de aviação seria ideal. Nisso cai pra umas 500h ou menos, depende da cia e do mercado.
Pra executiva, um PC/IFR/MLTE basta porém aqui entra a parte dos contatos e QI, muito importantes.

Em resumo não largue o sonho mas também não se jogue de corpo todo, fique apoiado na sua ocupação atual enquanto leva a aviação em paralelo. Também não acredite em papo de escola de aviação que diz que tudo está bonito.
Paulo Stavis
Paulo Stavis
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 3211
Reputação : 702
Idade : 29
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Douglas.Matos Sex 02 Ago 2013, 20:35

Paulo Stavis aqui no Mato Grosso temos ao mesmo tempo "sobra" de pilotos como muita muita falta, um exemplo disso? Meu tio tem um Baron55 e mantém contato com 3-5 pilotos para "free lance" ( nao sei se é a palavra certa porem me veio a cabeça para poder da a explicação kkkk" ) que no caso seria quando ele precisa, ele ter a sorte de um estar disponivel.
Aqui no Mato Grosso falta muito piloto agrícola principalmente em minha região (Norte) porém vejo que poucas pessoas tem interesse, e aqui entre nós...o que conheço de piloto voando agrícola aqui sem carteira e ganhando bem não é brincadeiraaaaaaaa! Fica uma dica caso lhe interessar um dia hehehe.

vcmshalon: Fiz um Pp teórico intensivo para aprender algumas coisas em si, porém estou tirando a carteira de carro/moto neste "momento" e só apos isso irei realmente cair de cabeça para estudar, tenho um pouco de sorte por ter alguns "Q.I" (Quem indica) na aviação executiva, conto muito com ajuda do meu tio e meu pai, porém estou um pouco com receio vendo como esta o mercado no Brasil, estou vendo de ir para fora fazer o curso já que são vistos com outros olhos as pessoas que fazem lá...porem tudo isso é um "acho" ... já estou parado a 2 anos, e com o mercado assim estou pensando realmente em fazer uma faculdade por fora já para ter algo como segundo plano hmmm hmmm . Meu sonho é voar, seja ele daqui um tempo ou logo logo thumbsup 

Douglas.Matos
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 17/01/2013
Mensagens : 3100
Reputação : 167
Idade : 25
Simulador preferido : Fsx-SE
Emprego/lazer : Auxiliar Administrativo / Financeiro / Suporte e Manutenção Hardware
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Julio Giunti Sex 02 Ago 2013, 20:57

TE passo meu exemplo:

35 anos, sou controlador e fiz minha prova autodidata pra PP mês de Junho e passei.
Estou aguardando a abertura de uma escola com C152 aqui em Teresina que deve abrir lá para meados de Setembro/Outubro. Vou fazer o PP e o PC devagar e trabalhando. Minha intenção é conseguir o PC e ficar voando freelance para os taxi aereos daqui tirando um extra e me divertindo.

Realmente a maré tá baixa, um amigo meu todo checado, ex instrutor de aeroclube veio aqui e distribuiu CV, foi a SLZ e fez o mesmo e até agora tá no chão...tá ruim mas há de melhorar. A aviação tem ciclos e este é um de baixa, logo logo deve aquecer novamente...tudo dependerá do humor do dólar...
Julio Giunti
Julio Giunti
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 19/08/2011
Mensagens : 528
Reputação : 59
Idade : 43
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Controlador de tráfego aéreo - Infraero
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Paulo Stavis Sab 03 Ago 2013, 12:36

Douglas.Matos escreveu:Paulo Stavis aqui no Mato Grosso temos ao mesmo tempo "sobra" de pilotos como muita muita falta, um exemplo disso? Meu tio tem um Baron55 e mantém contato com 3-5 pilotos para "free lance" ( nao sei se é a palavra certa porem me veio a cabeça para poder da a explicação kkkk" ) que no caso seria quando ele precisa, ele ter a sorte de um estar disponivel.
Aqui no Mato Grosso falta muito piloto agrícola principalmente em minha região (Norte) porém vejo que poucas pessoas tem interesse, e aqui entre nós...o que conheço de piloto voando agrícola aqui sem carteira e ganhando bem não é brincadeiraaaaaaaa! Fica uma dica caso lhe interessar um dia hehehe.

Aviação agrícola é pra quem gosta, eu já acho muito perigoso apesar de tudo. Fora que você costuma trabalhar só na safra, depois fica paradão se não tiver outra coisa.

Douglas.Matos escreveu:tenho um pouco de sorte por ter alguns "Q.I" (Quem indica) na aviação executiva, conto muito com ajuda do meu tio e meu pai, porém estou um pouco com receio vendo como esta o mercado no Brasil, estou vendo de ir para fora fazer o curso já que são vistos com outros olhos as pessoas que fazem lá...porem tudo isso é um "acho" ... já estou parado a 2 anos, e com o mercado assim estou pensando realmente em fazer uma faculdade por fora já para ter algo como segundo plano hmmm hmmm . Meu sonho é voar, seja ele daqui um tempo ou logo logo thumbsup 

Cara deixo uma dica pra você: Não vá acreditando que esses QI vão te salvar. O que eu conheço de gente que tinha um tamanho QI mas não resolveu nada não está escrito. Inclusive colega meu de faculdade, pai dele comando na Gol, tá indo dar instrução porque não encontrou nadinha.
Falo sem panopretagem, na boa mesmo, mantenha os contatos mas não dependa somente deles até que você esteja empregado através deles.
Paulo Stavis
Paulo Stavis
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 3211
Reputação : 702
Idade : 29
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Douglas.Matos Sab 03 Ago 2013, 13:28

Realmente Paulo Stavis, agrícola é muito perigoso, porem se necessário entrarei um tempo nesta etapa hehehe, como você mesmo disse só se trabalha na safra, porém tu pode ficar fazendo free lance...pelo menos aqui em minha região quem tem carteira e mora um tempo aqui consegue uma boa quantidade de voos enquanto esta parado....em relação ao outro ponto sobre os Q.I realmente tu disse uma verdade grande!!! Não estou só dependendo deles, e como eu disse ainda estou um pouco com o pé atras de ficar aqui no Brasil vendo tudo isso sendo que tenho 18 anos e em vista que quero começar agilizar logo....vamos ver como vai correr a "maré" daqui para frente, espero que melhore pois logo logo estarei no mercado também kkkk thumbsup 

Douglas.Matos
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 17/01/2013
Mensagens : 3100
Reputação : 167
Idade : 25
Simulador preferido : Fsx-SE
Emprego/lazer : Auxiliar Administrativo / Financeiro / Suporte e Manutenção Hardware
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por vcmshalon Seg 05 Ago 2013, 15:07

Obrigado por sua opinião também, Julio.

Acho que vou fazer isso. Ir com calma tratando como um hobby. Sem pressa, como minha intenção inicial. Você está mais avançado que eu na idade e resolveu perseguir esse sonho, então acho que eu também não devo me abster de perseguir o meu!
Como dizem, nunca é tarde para começar. Acho que vou seguir em frente.

Grato pelas opiniões, companheiros!
Vou postando aqui conforme a minha situação for avançando. Provavelmente estarei bem presente aqui daqui pra frente!

vcmshalon
Recruta
Recruta

Masculino
Inscrito em : 02/08/2013
Mensagens : 3
Reputação : 0
Idade : 36
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Gfurst Ter 06 Ago 2013, 18:29

Opa vcmshalon, gostei de ler o tópico, eu também já quis tentar entrar pra FAB e desisti de fazer após o segundo grau devido ao alto preço.
Hoje me encontro com 26 anos e ainda sem carreira definida. Acho que muitos nessa geração está passando por crises de carreiras, parece que nada está fácil.
Pelo menos já estou decidido a virar piloto, já fiz o curso teórico e estou no momento na fase de navegação no PP.
O problema grande é que o custo é alto e o retorno demorado e incerto.

Muitos falam que basta conhecer alguém com avião próprio que você pode juntar horas rapidamente, outros falam em voar de favor, mas também ainda não vi ninguém que tenha passado por este caminho.
Agora foi a primeira vez que ouvi falar de piloto free lancer, vocês querem dizer alguém com PC que voa avião dos outros a pedido? Isso sim parece muito bom pra mim, mas onde procurar?

A outra coisa é essa de aviação agrícola que felizmente, tem um mercado muito bom( fazendeiros sempre precisam).
E eu pessoalmente, prefiro aviões pequenos e aventura. Passar uma temporada no interior voando e ter o resto do ano livre parece uma ótima profissão Yesyes 

Sou totalmente aterrado, literalmente conheço ninguém piloto ou conhecido de piloto, só durante o curso, pessoal do aeroclube.

Gfurst
Recruta
Recruta

Masculino
Inscrito em : 06/08/2013
Mensagens : 3
Reputação : 0
Idade : 34
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Formação e Mercado da aviação. Empty Re: Formação e Mercado da aviação.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum