Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar  Gse_multipart13851

[Brasil] Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar

Ir para baixo

[Brasil] Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar  Empty [Brasil] Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar

Mensagem por Amilckar Seg 18 Fev 2013, 21:08

Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar

A despeito do número de incidentes aéreos,
ainda é seguro voar no Brasil -assim como no mundo, de modo geral, quando se
trata de transporte regular de passageiros.


Dados compilados pela Boeing apontam que, entre
2002 e 2011, a taxa no mundo foi de 0,34 acidentes fatais para um total de 174,2
milhões de decolagens.


Muitíssimo mais provável morrer em acidente de
trânsito (1 em 85) do que em um desastre aéreo (1 em 5.862), atesta o NTSB, o
conselho nacional de segurança dos transportes dos EUA.


Por trás da segurança está a evolução da
indústria: aviões com sistemas mais redundantes (se um falhar, há outro de
reserva), pilotos mais bem treinados e dispositivos de navegação mais
precisos.


Investigação


Outra característica ajuda. Pela natureza das
investigações de acidentes aéreos, um desastre evita que outro aconteça nas
mesmas circunstâncias. É como se, a cada tragédia, voar ficasse mais
seguro.


No Brasil, o risco está na aviação não regular
-pequenos aviões particulares, táxis aéreos e helicópteros que cruzam o país. Os
acidentes nessa categoria subiram 15% em 2012, segundo dados da Anac.


Pilotos com habilitação vencida, manutenção
inadequada e fiscalização insuficiente contribuem para tal.


Apesar da situação atual, os incidentes são
indícios de que convém não descuidar. Isso inclui monitoramento contínuo da Anac
sobre questões que incluem saber até se os pilotos voam cansados.


Tudo porque, grosso modo, um acidente aéreo é a
soma de vários incidentes.


Eis o desastre do Airbus A330 da Air France, em
2009: o piloto foi em direção a uma área de turbulência severa (fator 1), os
sensores externos de altura e velocidade congelaram (2), o computador de bordo
passou a dar ordens inconsistentes para o avião (3), os pilotos não souberam
reagir (4) porque não haviam sido treinados para tal (5) -só para citar alguns
dos fatores.


Isoladas, essas falhas dificilmente derrubariam
o avião. Em sequência, causaram a morte de 228 pessoas.


Por: Ricardo Gallo (jornal Folha de
S.Paulo)

Via: Aviationews

_________________
Carlos Amilckar
[Brasil] Análise: Andar de avião no Brasil é seguro, mas convém não descuidar  Amilckar%252FVV125
Amilckar
Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 11036
Reputação : 512
Idade : 56
Simulador preferido : P3D V3
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos