Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


Profissão Perigo. Gse_multipart13851

Profissão Perigo.

2 participantes

Ir para baixo

Profissão Perigo. Empty Profissão Perigo.

Mensagem por Braconi Qui 01 Mar 2012, 20:26

cheers
A fabricante de bebidas Ambev foi condenada pela 1ª Vara do Trabalho de Jacareí a pagar R$ 104.940 ao espólio de um degustador de cervejas que, após exercer o cargo por vinte anos, faleceu vítima de cirrose hepática e etilismo.
Nos anos em que exerceu o cargo de cervejeiro prático, Helio Fagundes Filho consumiu pelo menos mil litros de cerveja. Ele foi dispensado em 2001 sem justa causa e morreu no ano seguinte, vítima de disfunção múltipla de órgãos e sistemas, broncopneumonia, cirrose hepática, etilismo e hepatites B e C hemorrágica.

Segundo a Ficha de Evolução Clínica apresentada pela empresa, Fagundes se desligou do trabalho contra o desejo do departamento médico da companhia, que estava acompanhando seu quadro de saúde.

Ainda assim, a sentença considera que, “diante da gravidade do quadro clínico do empregado, inclusive à época da dispensa, competia à reclamada emitir o comunicado de acidente de trabalho”. Uma vez que não foi feita a comunicação ao INSS, a dispensa imotivada foi tida como nula pelo juízo, que restabeleceu o vínculo contratual até a data do óbito.

Segundo a perícia, fazia parte da atuação do cervejeiro a chamada degustação organoléptica, isto é, análise da cor, da espuma, do aroma e do sabor de uma amostra de 60 a 80 ml do produto. O mesmo relatório revela que Helio conduzia, em média, três degustações do gênero por dia e que isso “seria suficiente para causar esteatose hepática”, um acúmulo de gordura nas células do fígado.

A empresa recorreu da sentença, sob o argumento de que “as doenças que acometeram o obreiro (hepatites B e C) não podem ser consideradas como de origem laboral, pois são causadas por vírus, sem relação com ingestão de bebida alcoólica”. O relator do acórdão da 7ª Câmara do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), desembargador Luiz Roberto Nunes, entendeu que a reclamada tinha razão em parte de seus pedidos e, por isso, excluiu da condenação o pagamento de aviso prévio.

Número do Processo: 0005700-75.2002.5.15.0023

Fonte:UOL
http://ultimainstancia.uol.com.br/conteudo/noticias/55195/ambev+tera+que+indenizar+familia+de+degustador+de+cerveja+que+morreu+por+cirrose++++.shtml
Braconi
Braconi
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 15/12/2011
Mensagens : 1072
Reputação : 119
Idade : 38
Simulador preferido : MSFS
Nacionalidade : Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

Profissão Perigo. Empty Re: Profissão Perigo.

Mensagem por Winicius Qui 01 Mar 2012, 20:53

Ué, ams degustador tem apenas que degustar, e não beber.

_________________
Winicius
Winicius
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 11/03/2011
Mensagens : 945
Reputação : 28
Idade : 33
Simulador preferido : X-Plane 10
Emprego/lazer : CEF
Nacionalidade : Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

Profissão Perigo. Empty Re: Profissão Perigo.

Mensagem por Braconi Qui 01 Mar 2012, 21:59

Winicius escreveu:Ué, ams degustador tem apenas que degustar, e não beber.

Eu também achei que fosse só para provar e depois cuspir, afinal depois de 2 horas testando cervejas goela abaixo, qualquer uma iria prestar.
Braconi
Braconi
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 15/12/2011
Mensagens : 1072
Reputação : 119
Idade : 38
Simulador preferido : MSFS
Nacionalidade : Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

Profissão Perigo. Empty Re: Profissão Perigo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos