Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


Diferença entre inteligencia e engenho Gse_multipart13851

Diferença entre inteligencia e engenho

Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por Edenio Rodrigues Sab 19 Nov 2011, 10:27

Comandantes, não sei quantos já viram, me enviaram hoje, achei intereçante e adaptei para o VV:

A.- A NASA :
Quando antes dos anos 60 a NASA iniciou o envio de astronautas para o espaço, advertiram que as suas “esferográficas” (bolígrafos) não funcionariam à gravidade zero, dado que a tinta não desceria à superfície onde se desejaria escrever.
Ao fim de 6 anos de testes e investigações que exigiu, um gasto de 12 milhões de dólares, conseguiram desenvolver uma esferográfica que funcionava em gravidade zero, debaixo de água, sobre qualquer superfície incluindo vidro e num leque de temperaturas que iam desde abaixo de zero até 300 graus centígrados.
Os Russos, pelo seu lado, esqueceram e descartaram as esferográficas “bolígrafos” e, simplesmente deram lápis às suas tripulações para que pudessem escrever sem problemas.

2.- O empacotador de sabonetes:
Em 1970, um cidadão japonês enviou uma carta a uma fábrica de sabonetes de Tokio, reclamando ter adquirido uma caixa de sabonetes que, ao abri-la, estava vazia.
A reclamação colocou em marcha todo um programa de gestão administrativa e operativa; os engenheiros da fábrica receberam instruções para desenhar um sistema que impedisse que este problema voltasse a repetir-se. Depois de muita discussão, os engenheiros chegaram ao acordo de que o problema tinha sido desencadeado na cadeia de empacotamento dos sabonetes, onde uma caixita em movimento não foi cheia com o sabonete respectivo.
Por indicação dos engenheiros desenhou-se e instalou-se uma sofisticada máquina de raios "X" com monitores de alta resolução, operada por dois trabalhadores encarregados de vigiar todas as caixas de sabonete que saíam da linha de empacotamento para que, dessa maneira se assegurasse de que nenhuma ficaria vazia.
O custo dessa máquina superou os 250,000 dólares.
Quando a máquina de raios "X" começou a falhar ao fim de cinco meses de ser operada pelos três turnos da empresa, um trabalhador da área de empacotamento pediu emprestado um potente ventilador (ventoinha) e apenas o apontou na direcção da parte final da passadeira transportadora. Á medida que as caixinhas avançavam nessa direcção, as que estavam vazias simplesmente saíam voando da linha de empacotamento, por estarem mais leves.

3.- O Hoteleiro Novayorkino:
O gerente geral de una cadeia hoteleira novayorkina viajou pela segunda vez para Seul no lapso de um ano; ao chegar ao hotel onde devia hospedar-se foi recebido calorosamente com um "Bienvenido nuevamente señor, que bueno es verlo una vez más en nuestro hotel". Duvidando de que o recepcionista tivesse tão boa memória e surpreendido pela recepção, porpôs-se que - no seu retorno a New York- imporia igual sistema de tratamento ao cliente na cadeia hoteleira que administrava.
No seu regresso convocou e reuniu todos os seus gerentes pedindo-lhes para desenvolver uma estrategia ad-hoc para tal pretensão.
Os gerentes decidiram implementar um software de reconhecimento de rostos, base de dados actualizada dia a dia, câmaras especiais, com um tempo de resposta em micro segundos, assim como a pertinente formação dos empregados, etc.,cujo custo aproximado seria de 2.5 milhões de dólares.
O gerente geral descartou a ideia devido aos elevados custos. Meses depois, na sua terceira viagem a Seul, tendo sido recebido da mesma maneira, ofereceu uma boa gratificação ao recepcionista para que lhe revelasse como o faziam.
O recepcionista disse-lhe então: “Repare señor, aqui temos um acordo com os taxistas do aeroporto; durante o trajecto eles perguntam ao passageiro se já antes se hospedou neste hotel, e, se a resposta é afirmativa, eles, à chegada ao Hotel, depositam as malas do hóspede do lado direito do balcão de atendimento.
Se o cliente chega pela primeira vez, as suas malas são colocadas do lado esquerdo. O taxista é gratificado com um dólar pelo seu trabalho"

Aí está a diferença entre inteligência e engenho...

lol abraços

_________________
Diferença entre inteligencia e engenho Novoicaro
Voar, triunfo da evolução
Stargate - http://usbi.com.br
Edenio Rodrigues
Edenio Rodrigues
Tenente-Brigadeiro
Tenente-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/12/2010
Mensagens : 4568
Reputação : 476
Idade : 77
Simulador preferido : P3D
Emprego/lazer : Simulação, energia solar, hidroponia
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por Sandro Schneider Sab 19 Nov 2011, 10:59

Muito boas....obrigado por compartilhar !

_________________
Intel(R) Core(TM) i9-9900K CPU @ 3.6GHz, MPG Z390 GAMING PRO CARBON (MS-7B17), SSD INTEL 1T, Corsair Vengeance 64GB memory (4x16), MSI - Nvidia RTX 3090 ,Windows 10-64bit , Corsair 1000W,
Sandro Schneider
Sandro Schneider
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 06/12/2010
Mensagens : 2318
Reputação : 131
Idade : 52
Simulador preferido : MSFS20 Premium
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por Netinho Sab 19 Nov 2011, 11:08

Muito Legal!

_________________
"Voar é basicamente pilotar uma máquina especial, consideradas apenas: inteligência e técnica humanas. Mas não será só isto, com certeza, pois se misturam a cada instante, êxtase prazeroso e temores repentinos, causados por esta mistura de metais, combustíveis, óleos, mostradores, turbilhões, pressões, vento, granizo, chuvas, escuros, claros, suavidades e brutalidades eventuais."
Netinho
Netinho
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 26/02/2011
Mensagens : 1369
Reputação : 61
Idade : 30
Simulador preferido : FSX xP
Emprego/lazer : Estudante Engenharia da computação/Wing Chun
Nacionalidade : Brasil

https://www.facebook.com/wilmar.neto.5

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por ricardo_r Sab 19 Nov 2011, 11:23

aplauso aplauso aplauso
A dos lápis dos astronautas russos leva o prémio. Quer solução mais fácil? laughing

_________________
Ricardo Rodrigues
ricardo_r
ricardo_r
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 25/02/2010
Mensagens : 561
Reputação : 34
Idade : 30
Simulador preferido : FSX
Nacionalidade : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por JorgeA Sab 19 Nov 2011, 11:31

Eu trabalho na area comercial e cada vez mais é preciso aguçar a intelegência/engenho para tudo e mais alguma coisa..principalmente em tempos de crise como a que estamos a viver por aqui....

Good post

_________________
Intel Core i5-4690 CPU 3.50 GHz 16GB RAM AMD RX580 8GB

[i]Jorge Augusto
[/i]
JorgeA
JorgeA
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 22/12/2009
Mensagens : 1443
Reputação : 66
Idade : 54
Simulador preferido : MSFS
Emprego/lazer : Ramo automóvel / ténis e futebol
Nacionalidade : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por el_lopes Dom 20 Nov 2011, 11:12



É...são coisas simples que fazem a grande diferença..
el_lopes
el_lopes
Major-Brigadeiro
Major-Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 28/04/2010
Mensagens : 3336
Reputação : 139
Idade : 56
Simulador preferido : FS2004
Emprego/lazer : Industria farmaceutica/Cinema,praia,viajar e aviões!
Nacionalidade : Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por marcos1sp Ter 22 Nov 2011, 10:53

Inventor escreveu:Comandantes, não sei quantos já viram, me enviaram hoje, achei intereçante e adaptei para o VV:

A.- A NASA :
Quando antes dos anos 60 a NASA iniciou o envio de astronautas para o espaço, advertiram que as suas “esferográficas” (bolígrafos) não funcionariam à gravidade zero, dado que a tinta não desceria à superfície onde se desejaria escrever.
Ao fim de 6 anos de testes e investigações que exigiu, um gasto de 12 milhões de dólares, conseguiram desenvolver uma esferográfica que funcionava em gravidade zero, debaixo de água, sobre qualquer superfície incluindo vidro e num leque de temperaturas que iam desde abaixo de zero até 300 graus centígrados.
Os Russos, pelo seu lado, esqueceram e descartaram as esferográficas “bolígrafos” e, simplesmente deram lápis às suas tripulações para que pudessem escrever sem problemas.




2.- O empacotador de sabonetes:
Em 1970, um cidadão japonês enviou uma carta a uma fábrica de sabonetes de Tokio, reclamando ter adquirido uma caixa de sabonetes que, ao abri-la, estava vazia.
A reclamação colocou em marcha todo um programa de gestão administrativa e operativa; os engenheiros da fábrica receberam instruções para desenhar um sistema que impedisse que este problema voltasse a repetir-se. Depois de muita discussão, os engenheiros chegaram ao acordo de que o problema tinha sido desencadeado na cadeia de empacotamento dos sabonetes, onde uma caixita em movimento não foi cheia com o sabonete respectivo.
Por indicação dos engenheiros desenhou-se e instalou-se uma sofisticada máquina de raios "X" com monitores de alta resolução, operada por dois trabalhadores encarregados de vigiar todas as caixas de sabonete que saíam da linha de empacotamento para que, dessa maneira se assegurasse de que nenhuma ficaria vazia.
O custo dessa máquina superou os 250,000 dólares.
Quando a máquina de raios "X" começou a falhar ao fim de cinco meses de ser operada pelos três turnos da empresa, um trabalhador da área de empacotamento pediu emprestado um potente ventilador (ventoinha) e apenas o apontou na direcção da parte final da passadeira transportadora. Á medida que as caixinhas avançavam nessa direcção, as que estavam vazias simplesmente saíam voando da linha de empacotamento, por estarem mais leves.

3.- O Hoteleiro Novayorkino:
O gerente geral de una cadeia hoteleira novayorkina viajou pela segunda vez para Seul no lapso de um ano; ao chegar ao hotel onde devia hospedar-se foi recebido calorosamente com um "Bienvenido nuevamente señor, que bueno es verlo una vez más en nuestro hotel". Duvidando de que o recepcionista tivesse tão boa memória e surpreendido pela recepção, porpôs-se que - no seu retorno a New York- imporia igual sistema de tratamento ao cliente na cadeia hoteleira que administrava.
No seu regresso convocou e reuniu todos os seus gerentes pedindo-lhes para desenvolver uma estrategia ad-hoc para tal pretensão.
Os gerentes decidiram implementar um software de reconhecimento de rostos, base de dados actualizada dia a dia, câmaras especiais, com um tempo de resposta em micro segundos, assim como a pertinente formação dos empregados, etc.,cujo custo aproximado seria de 2.5 milhões de dólares.
O gerente geral descartou a ideia devido aos elevados custos. Meses depois, na sua terceira viagem a Seul, tendo sido recebido da mesma maneira, ofereceu uma boa gratificação ao recepcionista para que lhe revelasse como o faziam.
O recepcionista disse-lhe então: “Repare señor, aqui temos um acordo com os taxistas do aeroporto; durante o trajecto eles perguntam ao passageiro se já antes se hospedou neste hotel, e, se a resposta é afirmativa, eles, à chegada ao Hotel, depositam as malas do hóspede do lado direito do balcão de atendimento.
Se o cliente chega pela primeira vez, as suas malas são colocadas do lado esquerdo. O taxista é gratificado com um dólar pelo seu trabalho"

Aí está a diferença entre inteligência e engenho...

lol abraços




Em relação ao intem 2, assiti um documentário (não me lembro o nome agora), que estudava a causa da morte do faraó Tutankamon.
Durante os estudos a equipe utilizou um super computador para scannear seu "corpo". Durante o processo o ar condicionado da sala aonde estava o super computador, parou de funcionar.
O super computador estava super aquecendo, e isto comprometeria em definitivo a pesquisa.
A equipe estava em estado de pânico. Neste tempo, um membro da equipe teve um atitude simples, mas que foi a salvação de tudo. Utilizou um ventilador canalizando o vento à àrea do super computador, aonde estava muito quente.
E assim conclui-se os estudos.

Eu procurarei este documentário e postarei o nome aqui. Vale a pena assistir.

_________________
Marcos Montanheiro
Diferença entre inteligencia e engenho Marcos1sp%252FVV156
marcos1sp
marcos1sp
Moderador
Moderador

Masculino
Inscrito em : 16/11/2010
Mensagens : 2554
Reputação : 207
Idade : 53
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Analista de Suporte
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por Winicius Ter 22 Nov 2011, 17:44

Show de bola!! Isso é que é engenhosidade!
Também vi num documentário que, na missão Apollo 11, quando os dois astronaltas retornaram à cápsula lunar para poderem voltar à Terra, Neil Armstrong percebeu que um dos interruptores de ignição dos motores havia se quebrado. Depois de alguns mitutos de muita preocupação sobre o que poderia ser feito, Neil simplesmente tirou uma caneta do bolso, encaixou no burado do interruptor e ligou os motores. Isso foi o que diferenciou sucesso de tragédia num dos episódios mais importantes da história da humanidade.
Um abraço à todos!!!

_________________
Winicius
Winicius
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 11/03/2011
Mensagens : 945
Reputação : 28
Idade : 33
Simulador preferido : X-Plane 10
Emprego/lazer : CEF
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Diferença entre inteligencia e engenho Empty Re: Diferença entre inteligencia e engenho

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum