Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] Acidente com avião de carga provoca impacto em 13 voos no Recife

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] Acidente com avião de carga provoca impacto em 13 voos no Recife

Mensagem por Amilckar em Sab 22 Out 2016, 10:22

Acidente com avião de carga provoca impacto em 13 voos no Recife

Aeronave de serviço postal teve problemas às 6h30 desta sexta (21).
Oito voos foram redistribuídos e cinco acabaram sendo cancelados.

Pista ficou fechada e voos foram cancelados (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

O acidente com o avião de carga da Sterna Linhas Aéreas, que ficou com o bico para baixo na pista do Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, no bairro da Imbiribeira, Zona Sul da capital pernambucana, provocou alterações em 13 voos. O fato aconteceu às 6h30 desta sexta-feira (21).



O avião partiu de Guarulhos, em São Paulo. É uma aeronave de carga postal. Três tripulantes estavam a bordo e não houve feridos. Sobre as causas do acidente, as autoridades informaram que vão aguardar o resultado da perícia para se pronunciar.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), responsável pela administração do terminal aeroviário do Recife, das 6h51 às 8h55 desta sexta, todas as operações de pousos e decolagens foram suspensas. Dos 13 voos que apresentaram problemas, oito foram redistribuídos para outros aeroportos próximos e cinco partidas, da companhia Azul Linhas Aéreas, acabaram sendo canceladas.

Até a noite desta sexta, a aeronave continuava na pista. Ainda não havia previsão de quando o equipamento será retirado. Dois voos, de ida e volta de Cabo Verde, na África, estavam atrasados.



A Infraero esclareceu que o pouso do avião não foi forçado. A aeronave chegou ao terminal no horário previsto, mas, em vez de descer na pista central, acabou colidindo na pista de taxiamento, onde os aviões fazem as manobras para estacionar.

Ainda não é possível, segundo a empresa, precisar as causas do acidente. Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) está no local fazendo a perícia. A Infraero informou também que acompanha o serviço de retirada do avião, que está sendo feito pela companhia responsável pelo voo.

Em nota, a Azul informou que está prestando assistência aos passageiros dos voos cancelados e que os clientes serão reacomodados em outros voos da companhia ou de outras empresas.

Atrasos
Por causa do acidente, alguns passageiros tiveram que esperar mais tempo no aeroporto. O engenheiro eletricista Herick Batinga ia embarcar para Salvador, na Bahia, às 8h, mas a viagem foi remarcada para as 16h. "Ao chegar aqui, na hora de fazer o check-in, foi que informaram pra nós que a gente não ia poder decolar porque a pista estava fechada", conta.


Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife(Foto: G1PE)


Para o diretor comercial André Luiz Davi, a única solução é ter paciência. "Eu tenho uma programação de chegar em casa, com a esposa, a filha esperando, mas faz parte. Acontece", comenta.

Bombeiros
Logo após o acidente, o Corpo de Bombeiros  entrou em ação no aeroporto.  Os militares fizeram manobras de combate a incêndio na aeronave, de 60 toneladas.

De acordo com a coproração, no momento da aterrissagem, as engrenagens do trem de pouso travaram, deixando de responder aos comandos do piloto. Foram mobilizadas três viaturas, com 11 militares. Foi lançada uma camada de íquido gerador de espuma na pista e sobre toda aeronave.



Impacto
O avião acidentado teve um problema técnico no trem de aterrissagem. A princípio, Infraero informou que a písta havia ficado fechada por cerca de 40 minutos para pousos e decolagens. A empresa que gerencia o terminal aeroportuário também chegou a noticiar que, por volta das 7h10, as operações tinham sido autorizadas.



Nota
A Sterna Linhas Aéreas Ltda, empresa responsável pelo avião acidentado, informou, por meio de nota, que está estudando as causas do problema. "Assim que efetuarmos levantamentos preliminares, emitiremos outra nota com mais detalhes", afirmou

Fonte: G1

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum