Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] "Flanelinha" de avião está com os dias contados no aeroporto de Guarulhos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] "Flanelinha" de avião está com os dias contados no aeroporto de Guarulhos

Mensagem por Amilckar em Seg 15 Ago 2016, 08:21

"Flanelinha" de avião está com os dias contados no aeroporto de Guarulhos



Joana Cunha De São Paulo

Uma figura icônica da aviação, o sinalizador não será mais visto nas pistas do aeroporto de Guarulhos.

Também chamado de balizador, é aquele sujeito popularmente conhecido como "flanelinha" de avião, que fica na pista movimentando os braços com dois bastões laranja nas mãos para orientar o piloto a estacionar no momento da aterrissagem.

O maior aeroporto do país vai concluir até o fim do ano a instalação de um sistema eletrônico para fazer o serviço, seguindo uma tendência já implantada em aeroportos como Heathrow, em Londres, Charles de Gaulle, em Paris, e JFK, em Nova York.

O programa conhecido como VDGS, ou sistema avançado de docagem visual, usa sensores para reconhecer a posição da aeronave na vaga.

Quando ela começa a ser estacionada, o painel localizado na ponta dianteira da vaga emite sinais para indicar ao piloto as manobras necessárias. Segundo a GRU Airport, concessionária do aeroporto, as vantagens da tecnologia são precisão e segurança.

Além de direcionar o piloto, como fazem os balizadores humanos com seus pequenos bastões, a tecnologia o avisa exatamente quantos metros faltam até a parada.

No modo antigo, o balizador ordenava a parada quando a aeronave atingia uma linha amarela pintada no chão.

Outra vantagem é agilidade para alocar as aeronaves nas pontes de embarque.

Já estão em operação 106 dos 114 equipamentos adquiridos. Mas este é um caso em que o avanço tecnológico não ameaçou o emprego, segundo a GRU Airport.

Os 116 trabalhadores que operam a função continuarão exercendo suas outras atribuições na fiscalização do pátio, como verificar o uso de equipamentos de segurança, as condições de manutenção e limpeza e a movimentação de pessoas em áreas restritas.

Eles também poderão balizar com as mãos, quando, eventualmente, a tecnologia vier a falhar.

Fonte: NOTIMP

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum