Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.



[Internacional] Conheça e desvende os maiores mitos da aviação

Ir em baixo

[Internacional] Conheça e desvende os maiores mitos da aviação

Mensagem por Amilckar em Sex 25 Mar 2016, 10:20

Conheça e desvende os maiores mitos da aviação



Você provavelmente já assistiu aos Caçadores de Mitos responderem dúvidas mirabolantes que nem todo ser humano teria coragem de fazer. Mas a dupla teria que se desdobrar – ou multiplicar – para encontrar uma resposta para tudo. Por isso, o site Thrillist e o autor do livro Confidential Cockpit, Patrick Smith, se juntaram para desvendar as maiores inverdades da aviação. Sem mais delongas, confira abaixo e se surpreenda.




Dejetos nas alturas

Imagine você fazer suas necessidades no cubículo que é o banheiro de um avião e saber que seu cocô será despejado a mais de dez mil metros de altura. Este é um mito que persiste até os dias de hoje. É simplesmente impossível que aconteça. Os tanques mantêm os dejetos “seguros” até o momento em que a aeronave aterrissa. Uma vez na pista, o material é recolhido pelos agentes de solo.


Germes e mais germes


Um espaço pequeno e um simples espirro pode levar a uma epidemia de germes dentro da cabine, certo? Errado. O ar nos aviões é limpo, justamente por ser sondado nas secções do compressor dos motores. Enquanto uma parte é reciclada, tudo funciona por meio de filtros de partículas de ar de alta eficiência. Mas é preciso ter cuidado com as superfícies. Se você fica doente após voar, é muito provável que tenha sido pelo contato com a maçaneta da porta do lavatório, apoio de braço ou da mesinha da poltrona.

Enjoo nas alturas

Você pode ter problemas se beber ou inventar um coquetel louco com todas as bebidas disponíveis. Os passageiros afirmam sentir mais propensos à intoxicação enquanto voam. Isso acontece porque o ar pressurizado traz ao viajante na cabine a sensação de estar sentado entre 1,5 e três mil metros acima do nível do mar. Mas isso não traz diferença no conteúdo de álcool no sangue de uma pessoa.


Abre a porta

Em Hollywood, tudo é possível. Passar duas horas em um avião prestes a cair, voar com milhares de serpentes e até mesmo abrir a porta da aeronave. Mais um mito que os Caçadores de Mitos poderiam desvendar. Não é possível fazê-lo, ao menos com as mãos. Quando o jato está pressurizado no voo, a porta está trancada contra a fuselagem por milhares de libras de pressão. Seria possível apenas com um macaco hidráulico. Mas não se preocupe. Que passageiro no mundo pode carregar este objeto na sua bagagem de mão?




Voo fantasma

Não pense que os pilotos e copilotos apenas voam para dar o ar da graça de sua voz de boas-vindas aos passageiros. Quem pensa que é possível que as máquinas controlem tudo após a decolagem, está errado. Um total de 99% dos pousos e 100% das saídas é operado manualmente tanto pelo capitão ou pelo primeiro oficial, no caso, seu parceiro de cabine.


Buraco negro

Mais uma vez, Hollywood ataca. Um buraco feito no avião irá sugar tudo e todos? Sim e não. Depende muito do tamanho desta abertura na fuselagem, o que causou e o nível de pressurização de cabine no momento. Uma ruptura ocasionada por uma falha estrutural ou uma bomba poderia “aspirar” os passageiros. Mas, novamente, as possibilidades de uma descompressão originar uma tragédia são raras. Um caso recente de explosão na Somália fez com que um viajante fosse jogado para fora da aeronave.

Ficar "alto"

Quem lembra da citação de Brad Pitt em Clube da Luta sobre máscaras de oxigênio? Basicamente, seu personagem dizia que os objetos deixam as pessoas drogadas e as manterem calmas. Acalme-se, não existe nenhuma substância ilícita. Se o avião perde pressão de cabine, os passageiros vão desmaiar quando o ar se esvair. As máscaras são necessárias até que o piloto contorne a situação e o jato a uma altitude na qual os viajantes possam respirar normalmente. E, diga, quantas vezes você já viu aquela coisa amarela cair em direção ao seu rosto?

Rabecão

Aviões têm um armário para guardar passageiros que morreram a bordo. Verdade ou mentira? Isto foi um fato apenas na frota de Airbus 340-500 da Singapore Airlines em voos entre Cingapura e Newark, em Nova Jersey. Estes jatos, de fato, tinham um compartimento para cadáveres. Mas a companhia aérea não tem mais essa prática nem outra companhia aérea comercial.



Bilhetes salgados

Voar hoje em dia está mais caro do que no passado? É a mesma questão do Kinder Ovo a R$ 1 e o salário mínimo a R$ 140 no Brasil há duas décadas. Quando ajustado com a inflação, o prédio médio de um tíquete caiu cerca de 50%. Os preços estão mais baixos do que há 30, 40 anos.

Fonte: Panrotas

_________________
Carlos Amilckar
avatar
Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 11035
Reputação : 508
Idade : 53
Simulador preferido : P3D V3
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum