Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Zeitgeist em Dom 20 Mar 2016, 01:03

Olha pessoal, estou estudando bastante sobre vôos IFR, regras, necessidades, etc, vendo os vídeos da GOLD Virtual e também da Boston Virtual ATC (que inclusive recomendo muito), além de ler bastante, mas tem umas coisas que ainda não entendi e gostaria de ajuda de vocês.

1. Estava vendo a relação de equipamentos que precisamos declarar para voar online aqui. Mas não entendi o que devo declarar dependendo do tipo da aeronave.

Por exemplo, estou me acostumando com o ATR-72 da Rikooo. Não sei ainda mexer 100% com ele, mas por isso mesmo vou usá-lo como exemplo. Ele só tem o GPS normal, padrão do FSX. Nesse caso só declaro GPS? Pelo que vi da aeronave, não tem DME, apenas indicação de VOR e NDB (apesar de não ter achado onde configurar o ADF para o NDB) e estou em dúvida se consigo fazer um vôo ILS nessa aeronave, travando o Loc e o GS.

1.a. No caso de só ter o GPS e o VOR, informo isso, mas que tipo de vôo consigo fazer? Nas cartas preciso pegar rotas RNAV ou Rotas por instrumentação de solo?
1.b. Que tipo de aproximação posso fazer e que cartas tenho que olhar? Consulto a STAR e depois a IAC por VOR (se realmente ele não tiver possibilidade de aproximação por Loc ou ILS)?
1.c. Aproveitando nesse ponto, vi que meus fixos, navaids etc. do FSX estavam mega desatualizados. Então procurei online e achei este aqui para baixar e atualizar. Já rodei o programa e ele dá ok para a atualização, mas olhando no FSX continuo bem desatualizado. Por exemplo, não consigo localizar as airways de baixa entre SBRP e SBBH/SBCF, além de nenhum fixo, intersecção ou outro ponto no fsx bater com nenhuma carta, o que inviabiliza montar uma rota decente. Como faço para atualizar isso???
1.d. Aproveitando também, como a aeronave só tem o GPS padrão, estou penando para colocar uma rota nele. Só consigo fazer a ligação direto Origem -> Destino, sem conseguir inserir nada no meio, como passo a passo. Tem uma forma de fazer isso ou nesse caso só pelo Flight Plan do FSX mesmo??

2. Agora sobre planejamento e navegação. Como eu diferencio realmente o tipo de vôo que vou fazer? Quero dizer, eu entendi os diferentes tipos de aproximação (acredito) e como isso é influenciado pela aeronave, aeródromo, condições etc. Mas em termos de todo o planejamento de vôo isso também é influenciado pelos mesmos fatores?
2.1. É no planejamento anterior que já definimos se faremos um vôo RNAV, apenas GPS ou orientada por instrumentação de solo? (e, aproveitando, está certo pensar desse jeito que falei? Poder voar RNAV ou GPS ou VOR/NDB etc.?)

2.2. Por exemplo, eu estava traçando um plano com saída de SBRP para SBBH.
Imaginei a decolagem da RWY 18, usando a SID para OPLUV para Transição em EGBAL. De lá pegaria a W13 até o fixo de MOTMA, quando seguiria direto em direção a SBBH. Vi então a STAR vindo do fixo de MEBLU para o PUMAT e de lá usando a carta para aproximação final para o LOC..

O problemas problemas acima são que a W13 não vai direto para SBBH, apenas para SBCF, e não localizei MEBLU na carta das aerovias, para conseguir saber como migrar da W13 para os procedimentos de aproximação. Fora isso, o FSX desatualizadou zoou tudo quando pensei em tentar montar a rota no FSX.

As dúvidas são:
a. Está certa essa forma de pensar e montar o plano de vôo? O que eu estou errando aí ou deveria fazer mais?
b. Pelo que vi, pegar a W13 não caracteriza uma rota RNAV, apesar de eu poder estar jogando esses dados no GPS. O certo nesse caso então, já que não estou seguindo por RNAV seria guiar toda minha instrumentação por fixos? Se sim, tenho uma problema aí, pois o único fixo em solo é o NDB de Furnas e as distâncias são muito grandes sem outro guia, não?
c. Se eu fizer esse vôo online e um controlador precisar ele pode me tirar totalmente dessa rota, não? Nesse caso, eu só tendo o GPS, se ele não me direcionar para um VOR ou NDB, ele terá que ficar me guiando por headings e tempo em cada proa, certo?
d. Quando o controlador te dá Vetores para a Final, na verdade ele está guiando sua proa até que aponte para a pista, mas não necessariamente seguindo nenhum procedimento já documentado de aproximação, isso?

Bom acho que é tudo isso Very Happy
Acho que fica claro que eu entendi (se entendi) os conceitos isoladamente, mas estou perdido em como juntar tudo e como decidir por cada coisa.

Obrigado pela ajuda, pessoal!

Zeitgeist
Segundo-Tenente
Segundo-Tenente

Masculino
Inscrito em : 22/01/2016
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 42
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Paulo Stavis em Seg 21 Mar 2016, 09:41

Vou responder de forma generalizada algumas perguntas:

Esqueça o planejamento do FSX. Esqueça o GPS do FSX. Dá pra usar o GPS? Até dá mas ele é bem limitado. Você só consegue colocar uma rota customizada (saida, rota, chegada) fazendo-a por um programa externo (FSCommander ou PFPX, por exemplo) e importando para o FSX.
Este seu ATR parece ser bem limitado, recomendo uma aeronave melhor simulada. Nessa linha dá pra voar com um Carenado (B200) ou algo parecido, assim você garante que a aeronave tem os rádios e eles são funcionais e estão no lugar certo.
Quanto à rota, a rota real usada é EGBAL W13 KOMBO DCT, ou seja, a saida que você colocou está correta, só a chegada que muda. Não conheço a TMA porém acredito que de KOMBO você seja vetorado pelo controle para interceptar alguma STAR (provavelmente a ESKIP).

Infelizmente no FS por vezes precisamos "improvisar e ser o piloto e ATC" então você faz o que julgar melhor. Provavelmente após KOMBO eu voaria ESKIP e completaria a STAR.

O problemas problemas acima são que a W13 não vai direto para SBBH, apenas para SBCF, e não localizei MEBLU na carta das aerovias, para conseguir saber como migrar da W13 para os procedimentos de aproximação. Fora isso, o FSX desatualizadou zoou tudo quando pensei em tentar montar a rota no FSX.

O fato da W13 não ir diretamente para SBBH não significa nada, por vezes você vai sair de uma aerovia que passa próximo para pousar em um aeroporto como o caso de SP. A rota vai pelo litoral e você executa a STAR para o aeroporto.

b. Pelo que vi, pegar a W13 não caracteriza uma rota RNAV, apesar de eu poder estar jogando esses dados no GPS. O certo nesse caso então, já que não estou seguindo por RNAV seria guiar toda minha instrumentação por fixos? Se sim, tenho uma problema aí, pois o único fixo em solo é o NDB de Furnas e as distâncias são muito grandes sem outro guia, não?

De RP até Furnas você utiliza o próprio VOR de RP (radial 093) e o NDB de Furnas. Entre Furnas e Confins você usa o NDB e o VOR de Confins. É assim mesmo, muitas aerovias de baixa são balizadas por NDB.

c. Se eu fizer esse vôo online e um controlador precisar ele pode me tirar totalmente dessa rota, não? Nesse caso, eu só tendo o GPS, se ele não me direcionar para um VOR ou NDB, ele terá que ficar me guiando por headings e tempo em cada proa, certo?

Pode. Ele pode lhe dar uma proa para seguir até determinado ponto (digamos que a proa 030 até a radial tal do VOR tal) ou pode assumir sua navegação, indicar varias proas e depois lhe autorizar a voar direto para algum ponto. Tendo GPS ou não, se você não consegue voar para o que ele lhe pediu, digamos que você está fora da aerovia e ele manda você voar até um fixo, dá pra pedir a proa para ele ou você voa até interceptar a aerovia novamente e continua.

d. Quando o controlador te dá Vetores para a Final, na verdade ele está guiando sua proa até que aponte para a pista, mas não necessariamente seguindo nenhum procedimento já documentado de aproximação, isso?

Não exatamente. Ele pode estar encurtando seu caminho, aumentando seu caminho (para te atrasar, por exemplo) ou efetuando um desvio por causa de outro tráfego. Mas o que ele não fará é te guiar pelo procedimento, se não ele não precisaria fazer isso, deixaria por sua conta.

Por fim recomendo adquirir um programa para lhe auxiliar com as rotas, como o PFPX. Há a fonte oficial, CGNA, com as rotas das aeronaves comerciais. Nem todas as rotas estão lá mas dá uma boa ajuda (clique no período de dias, geralmente o de cima, marque localidades no box, escolha o aeroporto de partida). Tem também o Route Finder mas as vezes precisa de alguns ajustes.
Espero que tenha ajudado!
avatar
Paulo Stavis
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 2830
Reputação : 602
Idade : 25
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Zeitgeist em Seg 21 Mar 2016, 12:11

Olá Paulo, obrigado pela resposta!! vou comentar abaixo.

Paulo Stavis escreveu:Vou responder de forma generalizada algumas perguntas:

Esqueça o planejamento do FSX. Esqueça o GPS do FSX. Dá pra usar o GPS? Até dá mas ele é bem limitado. Você só consegue colocar uma rota customizada (saida, rota, chegada) fazendo-a por um programa externo (FSCommander ou PFPX, por exemplo) e importando para o FSX.

É, eu percebi bem isso. Ontem tentei carregar um planejamento feito no onlineflightplanner.org e deu mais certo, apesar dele me jogar no último ponto muito próximo da final, bem depois de qualquer STAR e quase já passando o último fixo no procedimento final.

Este seu ATR parece ser bem limitado, recomendo uma aeronave melhor simulada. Nessa linha dá pra voar com um Carenado (B200) ou algo parecido, assim você garante que a aeronave tem os rádios e eles são funcionais e estão no lugar certo.

Quanto à rota, a rota real usada é EGBAL W13 KOMBO DCT, ou seja, a saida que você colocou está correta, só a chegada que muda. Não conheço a TMA porém acredito que de KOMBO você seja vetorado pelo controle para interceptar alguma STAR (provavelmente a ESKIP).

Então, no fim eu localizei melhor o HSI com os dados do VOR, DME, ADF etc. Era só ter clicado nele que ele ia mudança as visualizações Tongue Falha minha. Também resolvi testar instalar o FMC da Honeywell nesse vôo acima. Fiquei surpreso em perceber que os dados do plano de vôo do onlineflightplanner.org darem entrada corretamente, sem problemas. O Vôo foi mais tranquilo, dessa forma. Saí de RP com curva 90o à esquerda ao atingir 2500ft para interceptar a radial 132 e depois segui na proa 090 para a radial 112. Aí virei a proa para 005 em direção ao ndb URB, quando liguei o PA e ele seguiu de boa, só dando problema mesmo no final pois demorei para perceber que o último fixo dele já passava os procedimentos da STAR etc. Ah, o onlineflightplanner.org também me deu uma rota diferente, me jogando para o NDB de URB mais ao norte e depois alternando entre a W31 e a W11, dependendo do fixo.


Infelizmente no FS por vezes precisamos "improvisar e ser o piloto e ATC" então você faz o que julgar melhor. Provavelmente após KOMBO eu voaria ESKIP e completaria a STAR.

O fato da W13 não ir diretamente para SBBH não significa nada, por vezes você vai sair de uma aerovia que passa próximo para pousar em um aeroporto como o caso de SP. A rota vai pelo litoral e você executa a STAR para o aeroporto.

Então, isso eu entendi. O que eu não entendi é como eu faço a transição entre a aerovia e o procedimento de aproximação, pois não localizei uma relação entre os fixos finais da W13 que me ligassem com os fixos da STAR. Mas acho que isso porque eu estava usando o FSX e as cartas, não? Vou tentar ver pelos programas que mencionou.


De RP até Furnas você utiliza o próprio VOR de RP (radial 093) e o NDB de Furnas. Entre Furnas e Confins você usa o NDB e o VOR de Confins. É assim mesmo, muitas aerovias de baixa são balizadas por NDB.

Ok, entendi.


Pode. Ele pode lhe dar uma proa para seguir até determinado ponto (digamos que a proa 030 até a radial tal do VOR tal) ou pode assumir sua navegação, indicar varias proas e depois lhe autorizar a voar direto para algum ponto. Tendo GPS ou não, se você não consegue voar para o que ele lhe pediu, digamos que você está fora da aerovia e ele manda você voar até um fixo, dá pra pedir a proa para ele ou você voa até interceptar a aerovia novamente e continua.

Ok.


Uma coisa acho que ainda não está 100% clara para mim, e acho que não consegui passar com as dúvidas.
Quando eu devo voar procedimentos RNAV? E quando/como eu sei que estou voando procedimentos RNAV? O que me diz que estou voando assim? É só quando estou fazendo navegação por pontos não localizados em solo? (independente de estar usando o gps tosco do FSX ou ter um FMC funcional que faça isso rolar?)


Por fim recomendo adquirir um programa para lhe auxiliar com as rotas, como o PFPX. Há a fonte oficial, CGNA, com as rotas das aeronaves comerciais. Nem todas as rotas estão lá mas dá uma boa ajuda (clique no período de dias, geralmente o de cima, marque localidades no box, escolha o aeroporto de partida). Tem também o Route Finder mas as vezes precisa de alguns ajustes.
Espero que tenha ajudado!

Legal, vou testar o programa.

De novo, obrigado pelas ajudas!!
Z

Zeitgeist
Segundo-Tenente
Segundo-Tenente

Masculino
Inscrito em : 22/01/2016
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 42
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Paulo Stavis em Seg 21 Mar 2016, 12:27

Zeitgeist escreveu:Ah, o onlineflightplanner.org também me deu uma rota diferente, me jogando para o NDB de URB mais ao norte e depois alternando entre a W31 e a W11, dependendo do fixo.

É bom ficar atento pois as vezes os planners poraí fazem uma rota pior, com mais curvas e vai-e-volta. Recomendo sempre dar uma olhada pra ver se está aceitável.

Então, isso eu entendi. O que eu não entendi é como eu faço a transição entre a aerovia e o procedimento de aproximação, pois não localizei uma relação entre os fixos finais da W13 que me ligassem com os fixos da STAR. Mas acho que isso porque eu estava usando o FSX e as cartas, não? Vou tentar ver pelos programas que mencionou.

Positivo, não há ligação. Conforme falei a rota real vai até KOMBO. Dali o controle provavelmente lhe direciona direto para algum fixo de alguma STAR (que creio ser a STAR ESKIP) e você completa. Conforme comentei, também, no FS por vezes temos que ser controlador e piloto, adequar conforme dá. Eu faria o que falei, após KOMBO DCT ESKIP e completa a STAR.

Igual lhe falei nem sempre há essa ligação completa pois as aerovias são pensadas de acordo com a necessidade e possibilidade. Como exemplo dou um voo curitiba - são paulo. Há aerovia em linha reta entre os dois porém é de mão unica, só vem de SP pra CTBA. De CTBA pra SP precisa-se voar pelo litoral e interceptar a chegada no meio do caminho.

Uma coisa acho que ainda não está 100% clara para mim, e acho que não consegui passar com as dúvidas.
Quando eu devo voar procedimentos RNAV? E quando/como eu sei que estou voando procedimentos RNAV? O que me diz que estou voando assim? É só quando estou fazendo navegação por pontos não localizados em solo? (independente de estar usando o gps tosco do FSX ou ter um FMC funcional que faça isso rolar?)

Você voa quando quiser ué  lol Veja, a diferença entre o RNAV e não RNAV é a necessidade de auxilios no solo. Sua aeronave, teoricamente falando, é apta ao RNAV portanto não havendo aerovia convencional entre sua origem e destino você pode verificar se tem uma RNAV. Se você não pudesse, ou teria que voar DCT (se possivel de acordo com as regras e tal, não vou entrar em detalhes) ou procurar uma aerovia convencional (leia-se provavelmente mais longe). Para ilustrar:



Em resumo: Usa VOR/NDB? Não-RNAV. Usa o GPS? Rnav. Entenda-se que usar o GPS significa GPS homologado, aeronave homologada, piloto homologado. No seu caso (FS) entenda-se que o GPS default habilita você para o RNAV (porém só até certo ponto, você não possui os procedimentos de aproximação atualizados e é dificil colocá-los, só por gambiarra).

Qualquer coisa pode postar que vamos tentando sanar as duvidas.
avatar
Paulo Stavis
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 2830
Reputação : 602
Idade : 25
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Zeitgeist em Seg 21 Mar 2016, 12:51

Oi Paulo.
Então desculpe, eu entendi que você meio que "abandona" a aerovia em um ponto e se dirige para outro. O que não sei se entendi no caso específico é como localizar esse ponto seguinte, caso não tenha um controlador me guiando. Como no caso ESKIP não é um fixo em solo, para localizá-lo eu teria que tê-lo no GPS ou FMC, se não não tem como certo?

Paulo Stavis escreveu:
Positivo, não há ligação. Conforme falei a rota real vai até KOMBO. Dali o controle provavelmente lhe direciona direto para algum fixo de alguma STAR (que creio ser a STAR ESKIP) e você completa. Conforme comentei, também, no FS por vezes temos que ser controlador e piloto, adequar conforme dá. Eu faria o que falei, após KOMBO DCT ESKIP e completa a STAR.

Igual lhe falei nem sempre há essa ligação completa pois as aerovias são pensadas de acordo com a necessidade e possibilidade. Como exemplo dou um voo curitiba - são paulo. Há aerovia em linha reta entre os dois porém é de mão unica, só vem de SP pra CTBA. De CTBA pra SP precisa-se voar pelo litoral e interceptar a chegada no meio do caminho.

Entendi, sobre Curitiba, é um bom exemplo. Para ser sincero nem tinha reparado se a W13 era de duas mãos Tongue. Hehe, tem bastante coisa para aprender e prestar atenção.

Paulo Stavis escreveu:
Você voa quando quiser ué  lol Veja, a diferença entre o RNAV e não RNAV é a necessidade de auxilios no solo. Sua aeronave, teoricamente falando, é apta ao RNAV portanto não havendo aerovia convencional entre sua origem e destino você pode verificar se tem uma RNAV. Se você não pudesse, ou teria que voar DCT (se possivel de acordo com as regras e tal, não vou entrar em detalhes) ou procurar uma aerovia convencional (leia-se provavelmente mais longe). Para ilustrar:



Em resumo: Usa VOR/NDB? Não-RNAV. Usa o GPS? Rnav. Entenda-se que usar o GPS significa GPS homologado, aeronave homologada, piloto homologado. No seu caso (FS) entenda-se que o GPS default habilita você para o RNAV (porém só até certo ponto, você não possui os procedimentos de aproximação atualizados e é dificil colocá-los, só por gambiarra).

Qualquer coisa pode postar que vamos tentando sanar as duvidas.

Eu já tinha visto a diferença da navegação VOR/NDB, RNAv e RNP, mas tinha ficado a dúvida sobre como definir isso em relação ao FSX, ainda mais levando em conta o GPS tosco dele, Tongue.

Outra dúvida é se por exemplo há rotas ou aproximações em que se é obrigatório voar por RNAV, ou se é algo mais de (como é melhor, e o conjunto aeronave, equipamento e piloto estão homologados, vamos aproveitar).

Mas está bem mais claro Smile Valeu!

Zeitgeist
Segundo-Tenente
Segundo-Tenente

Masculino
Inscrito em : 22/01/2016
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 42
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Paulo Stavis em Seg 21 Mar 2016, 13:09

Zeitgeist escreveu:Oi Paulo.
Então desculpe, eu entendi que você meio que "abandona" a aerovia em um ponto e se dirige para outro. O que não sei se entendi no caso específico é como localizar esse ponto seguinte, caso não tenha um controlador me guiando. Como no caso ESKIP não é um fixo em solo, para localizá-lo eu teria que  tê-lo no GPS ou FMC, se não não tem como certo?

Positivo, como a STAR é RNAV somente com uma aeronave capaz de RNAV você poderia voá-la. Sem RNAV você não irá executar RNAV em SBBH, necessitará de vetoração radar pois não há STAR convencional. Faltou ressaltar esse fato anteriormente...
Só edito uma frase sua: "ESKIP não é um fixo em solo". Convém falar que ESKIP, na verdade, não é um ponto definido por radiais/QDM/QDR e/ou distâncias. Nenhum fixo é um ponto no solo, são todos virtuais, exceto os VOR e NDB em si.

Outra dúvida é se por exemplo há rotas ou aproximações em que se é obrigatório voar por RNAV, ou se é algo mais de (como é melhor, e o conjunto aeronave, equipamento e piloto estão homologados, vamos aproveitar).

Não sei lhe afirmar com total exatidão se há um aeroporto em que só se tenha RNAV como opção de aproximação, geralmente há pelo menos um NDB. Caso haja somente RNAV disponivel você só tem a opção de voá-lo, caso homologado, ou tem que pousar VFR. Há rotas somente RNAV, onde não há, conforme lhe falei, ou voa-se DCT entre os rádio-auxilios, ou se dá uma volta um pouco maior por onde há aerovia.
avatar
Paulo Stavis
Brigadeiro
Brigadeiro

Masculino
Inscrito em : 07/04/2011
Mensagens : 2830
Reputação : 602
Idade : 25
Simulador preferido : P3Dv4
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dúvidas quanto a equipamento a bordo e como proceder vôo IFR

Mensagem por Zeitgeist em Seg 21 Mar 2016, 13:13

Legal, ficou claro agora Smile

E entendi a o erro de dizer fixo em solo. Smile

Obrigado, Paulo!

Zeitgeist
Segundo-Tenente
Segundo-Tenente

Masculino
Inscrito em : 22/01/2016
Mensagens : 25
Reputação : 0
Idade : 42
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum