Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] EUA aprovam projeto de avião "esquisito"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] EUA aprovam projeto de avião "esquisito"

Mensagem por Amilckar em Seg 07 Mar 2016, 11:05

EUA aprovam projeto de avião "esquisito"

Drone com motores elétricos e uma turbina será capaz pousar e e decolar na vertical


O primeiro protótipo da aeronave deve ser apresentado em 2018 (Aurora)

A Agência de Pesquisa e Projetos Militares dos Estados Unidos, abreviada na sigla em inglês DARPA, deu sinal verde nesta sexta-feira para o desenvolvimento de uma aeronave com motorização híbrida e capaz de realizar pousos e decolagens verticais, como um helicóptero. Mas prepara-se, vem aí um avião bem estranho.

Trata-se do projeto VTOL X-Plane Lighting Strike, sugerido pela empresa de engenharia aeronáutica Aurora Flight Science, que deixou para trás concorrentes tradicionais na disputa pelo contrato, como a Boeing e uma parceria formada entre a Lockheed Martin e a Sikorsky.

A proposta foi lançada pela DARPA no início deste ano, pedindo um veículo não-tripulado VTOL (Pouso e decolagem vertical) com motorização híbrida. Para tocar o projeto, a Aurora recebeu US$ 89,4 milhões e o trabalho deve ser feito rápido.



A empresa precisa apresentar um “demonstrador de tecnologia” (protótipo) até setembro de 2018. Acha muito tempo? Talvez nem tanto para um avião que vai precisar de 24 motores elétricos, uma turbina, geradores, além de um complexo sistema de asas basculantes para decolar.

A propulsão do Lighting Strike começa com a turbina Rolls-Royce AE 1107, a mesma usada no V-22 Osprey. A força desse motor vai movimentar três geradores elétricos, que por sua vez terão de alimentar os 24 motores elétricos nas asas e cada um com sua própria hélice.

O pouso e decolagem verticais serão realizados com ajuda dos movimentos das asas, direcionando o fluxo de ar para baixo. Ao todo, a Aurora estima que o conjunto de motores elétricos deverá gerar cerca de 4.000 cavalos de potência.


Cadê o piloto? O projeto da DARPA pede uma aeronave não-tripulada (Aurora)

De acordo com a Aurora Flight Sciences, a aeronave, com com peso de até 5.400 kg, poderá alcançar a velocidade máxima de 550 km/h, superando o desempenho de qualquer helicóptero atual. Será que vinga?

Fonte: Airway

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum