Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Companhia aérea barra homem que falava árabe em aeroporto nos EUA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Companhia aérea barra homem que falava árabe em aeroporto nos EUA

Mensagem por Amilckar em Sab 21 Nov 2015, 13:55

Companhia aérea barra homem que falava árabe em aeroporto nos EUA

Maher Khalil emigrou da Palestina há 15 anos e é cidadão americano.
Recusa aconteceu após passageiro se dizer 'desconfortável' com ele.



Um homem foi impedido brevemente de embarcar em um voo em Chicago depois que outro passageiro o ouviu falando árabe. Maher Khalil disse ter se sentido humilhado e chateado com a situação.

Dono de uma pizzaria na Filadélfia, Khalil emigrou da Palestina há 15 anos. Ele disse que nunca tinha sofrido uma experiência de discriminação antes do incidente no Midway International Airport, na quarta (18).

“Viemos aos Estados Unidos para ter uma vida melhor”, ele explicou na sexta. “Todo mundo na América é de países diferentes. Sou um deles. Sou um cidadão americano”.

Khalil disse que estava conversando com o amigo Anas Ayyad, também palestino, enquanto aguardava para embarcar em um voo da Southwest Airlines. Quando ele se aproximou do portão, disseram que não poderia embarcar porque outro passageiro “sentiu-se desconfortável”.

“Estávamos conversando, como todos os outros”, disse Khalil à agência AP por telefone. “Eu disse: ‘Você está brincando comigo? Está falando sério? Isso é uma pegadinha ou algo assim?’”

Khalil chamou a polícia, mas quando os oficiais chegaram, alguns passageiros acharam que eles estavam respondendo a uma ameaça terrorista.

Em seguida, os dois homens foram autorizados a embarcar.

Enquanto Khalil se dirigia ao seu assento no fundo do avião, alguns suspeitaram de uma caixa branca que ele estava carregando e pediram para ver o que havia dentro, contou ele. Para aliviar a tensão, Khalil a abriu e dividiu com alguns passageiros a baklava, doce de origem árabe, que havia comprado.

“Quando entramos no avião, disse ao meu amigo para sorrir, assim os outros passageiros podiam acreditar que não havia nada errado”, disse Khalil. “Todos começaram a nos olhar de forma estranha”.

A Southwest Airlines disse que o voo decolou com 10 minutos de atraso após um desentendimento entre dois clientes. A companhia disse ainda que seus funcionários são treinados para lidar com “situações com passageiros” para garantir a segurança dos voos.

“Eu juro, nunca tive aquela sensação antes”, disse Khalil. “Senti que não estamos mais seguros neste país. Porque sou árabe, não posso viajar no avião? A pessoa que reclamou é que deveria ser expulsa, não eu”.

Fonte: G1

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum