Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Sindicatos da TAP esticam a corda ...que ‘sufoca’ companhia e passageiros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Sindicatos da TAP esticam a corda ...que ‘sufoca’ companhia e passageiros

Mensagem por Bruno Barreiros em Ter 16 Dez 2014, 07:12

Os passageiros da TAP vão continuar, pelo menos para já, sem saber se terão voos na época de Natal e Ano Novo, porque em lugar da definição esperada para hoje por parte dos Sindicatos, houve o que parece um ‘esticar da corda’ com o Governo, mas que de facto está é a ‘sufocar’ passageiros e companhia.

“Na sequência da proposta do Governo para a criação de um grupo de trabalho, a plataforma de sindicatos apresentou ao Governo um memorando visando a suspensão do processo de reprivatização e da greve convocada para os dias 27 a 30 de Dezembro do corrente ano”, diz a declaração da Plataforma Sindical enviada a alguns órgãos de Comunicação Social.
“Irredutíveis, os 12 sindicatos que representam os trabalhadores da TAP apenas aceitam cancelar os quatro dias de greve agendados para o final do ano se o Governo recuar na decisão de privatizar a companhia”, escreve a esse propósito o “Jornal de Negócios”, referindo que “com esta declaração, que não tem outra explicação, depreende-se que os sindicatos apenas cancelarão a greve caso o processo de reprivatização da TAP seja interrompido”.
O que estava em cima da mesa de negociações entre o Governo e a Plataforma Sindical era a criação de um grupo de trabalho para analisar “as preocupações legítimas dos sindicatos de várias classes de trabalhadores e funções da TAP”, na condição de cancelarem a greve marcada para os dias 27 a 30 e que potencialmente vai estragar a maioria das viagens de Natal e Ano Novo.
Essa proposta foi anunciada sexta-feira pelo ministro da Economia, Pires de Lima, depois de uma reunião com a Plataforma Sindical, na qual, também segundo disse, “ficou bastante claro” que “o modelo e privatização não está nem pode estar em causa”.
Ora, esgotado o prazo para os sindicatos responderem ao Governo, eventualmente o executivo já saberá com o que pode contar, mas os passageiros ainda não.

Fonte: Presstur - http://www.presstur.com/site/news.asp?news=49206

_________________
Abraço,
Bruno Barreiros
http://bbvisualapproachspotting.blogspot.pt/

Bruno Barreiros
Major
Major

Masculino
Inscrito em : 05/05/2008
Mensagens : 386
Reputação : 5
Idade : 38
Simulador preferido : FS9, FSX
Emprego/lazer : Piloto Linha Aérea
Nacionalidade : Portugal

http://bbvisualapproach.blogspot.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum