Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional]Quem é a japonesa que ameaça o reinado da Embraer

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional]Quem é a japonesa que ameaça o reinado da Embraer

Mensagem por jailton em Dom 19 Out 2014, 13:52

Pela primeira vez, em 50 anos, o mundo vai conhecer um avião produzido no Japão. A Mitsubishi Aircraft, subsidiária da Mitsubishi Heavy Industries, deve apresentar no próximo fim de semana seu primeiro jato ao mercado, batizado de Mitsubishi Regional Jet.

O primeiro voo da aeronave deve demorar mais um pouco e está previsto para acontecer no segundo semestre de 2015. Já as primeiras entregas só devem ocorrer em 2017. O modelo já conta com encomenda de 375 unidades.

Segundo Teruaki Kawai, presidente da Mitsubishi Aircraft, embora com uma carteira modesta de pedidos, a ideia nas próximas duas décadas é conquistar 50% do mercado de jatos regionais usados para voos de curta distância. Hoje esse mercado no mundo é liderado pela Embraer.

"Queremos entregar mais de 5.000 jatos nos próximos 20 anos ao mercado", afirmou o executivo em entrevista à imprensa internacional nesta semana.

Para tirar do papel o Mitsubishi Regional Jet, a companhia japonesa investiu cerca de 1,8 bilhão de dólares no projeto.

Para Kawai, o Japão é destaque em diferentes indústrias, como a de automóveis, e pode se tornar a partir de agora referência na fabricação de aeronaves também.  

Recorde de pedidos

A Embraer é líder no mercado de jatos regionais no mundo e concorre diretamente com a canadense Bombardier nesse mercado.

A companhia entregou 34 jatos no terceiro trimestre. Das aeronaves entregues, 19 são para atender a aviação comercial e 15 para a executiva.  

Segundo a Embraer, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizou 22,1 bilhões de dólares no final do terceiro trimestre. O montante é o maior na história da Embraer.

A carteira foi impulsionada pelo contrato assinado com a Republic Airways Holdings, operadora com a maior frota de E-Jets do mundo, que contemplou a encomenda de 50 jatos E175.

Outro destaque do período, de acordo com a Embraer, foi o pedido firme de 15 E-Jets, modelos E170 e E190, assinado com, coincidentemente, a Japan Airline.

http://www.msn.com/pt-br/dinheiro/economiaenegocios

_________________
Na vida quanto mais você vive mais você aprende, na aviação quanto mais você aprende mais você vive.

jailton
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 01/02/2010
Mensagens : 1031
Reputação : 26
Idade : 40
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Industria Farmacêutica, cerveja, aviação e automodelismo.
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Internacional]Quem é a japonesa que ameaça o reinado da Embraer

Mensagem por Winicius em Dom 19 Out 2014, 14:05

Ótimo. Concorrência faz bem ao mercado.
Quem mais ganha com isso são os clientes.

_________________

Winicius
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Inscrito em : 11/03/2011
Mensagens : 945
Reputação : 28
Idade : 28
Simulador preferido : X-Plane 10
Emprego/lazer : CEF
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum