Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Desaparecimento do Boeing 777-200 da Malaysia Airlines completa dois meses

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Desaparecimento do Boeing 777-200 da Malaysia Airlines completa dois meses

Mensagem por Fontenele em Sex 09 Maio 2014, 11:19

O mini-submarino Bluefin-21, da Marinha americana
(Foto: Reuters)

Dois meses depois do acidente com o voo MH370, que desapareceu no dia 8 de março no sul do oceano Índico, as causas da tragédia ainda permanecem um mistério. A Austrália, a China e a Malásia, que dirigem as operações, vão lançar editais para adquirir equipamentos de exploração submarina.
As equipes responsáveis pelas operações ainda não têm nenhuma pista do Boeing 777-200 da Malaysia Airlines, apesar de terem captado há cerca de um mês sinais semelhantes aos emitidos pelas caixas-pretas. A primeira fase de buscas não surtiu resultado e as buscas aéreas e marítimas perto de Perth, na costa australiana, foram interrompidas. O mini-submarino Bluefin 21 efetuou diversos mergulhos, mas nenhum destroço foi localizado.

A segunda fase, ainda sem data para começar, se concentrará nos fundos submarinos, mas depende de financiamento. Nesta segunda-feira, em Camberra, os ministros dos Transportes da Malásia e da China se encontrarão para estabelecer as prioridades dos próximos meses.

O primeiro-ministro australiano Warren Truss admitiu que as operações submarinas levarão "muito tempo", e os equipamentos necessários para a nova fase de buscas só estarão disponíveis nos próximos dois meses. Por enquanto, o mini-submarino Bluefin-21, equipado de um sonar, continuará a mergulhar na área delimitada pelas equipes, na tentativa de localizar a fuselagem.

Desde ontem (7), as equipes voltaram a analisar as imagens obtidas via satélite e os dados disponíveis para calcular as posições do avião. "Não sabemos quando o avião será encontrado. Por enquanto, todas as nossas pistas se revelaram superficiais."

Agência propõe mudança para facilitar localização de caixas-pretas

Nesta terça-feira (6), a Agência Europeia de Segurança Aerea apresentou novas propostas para facilitar a detecção das caixas-pretas em caso de acidentes. Elas visam aplicar as recomendações feitas depois da catástrofe com o voo AF447, em 2009, que fazia a rota Rio-Paris e caiu no meio do Oceano Atlântico.

A recomendação inclui o acréscimo de uma nova frequência de sinais, que facilitará a localização das caixas-pretas submersas. A agência também propõe que a duração das gravações das conversas no cockpit, conservadas no CVR, seja mais longa, para facilitar as investigações. Hoje ela é limitada a duas horas.

No caso do voo MH370, a tecnologia não possibilita ter registro das conversas gravadas no início do voo, quando o avião desviou da rota e desapareceu dos radares.

Fonte: RFI

_________________


Placa mãe: Intel® Desktop Board DB75EN   Processador: Intel® Core i5 3470 3,20 GHz   Memória Ram: 8 GB DDR3 1333 MHz   Disco rígido Samsung 1 Tb   Placa de vídeo: Zotac Nvidia GTX750 2048 Mb    Monitor: LG E2250v 21,5 LED   Sistema Operacional: Windows 7 Home Premium 64 bits   Joystick: Mad Catz Cyborg V1 Flight Stick

Fontenele
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 22/07/2011
Mensagens : 1664
Reputação : 227
Idade : 44
Simulador preferido : FSX SE
Emprego/lazer : Técnico em Informática
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum