Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] Um quarto dos aviões registrados no TO estão irregulares

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] Um quarto dos aviões registrados no TO estão irregulares

Mensagem por Amilckar em Sex 28 Fev 2014, 18:27

Um quarto dos aviões registrados no TO estão irregulares

 Foto: Fernando Almeida/Araguaína Notícias 
 

Avião que caiu em Araguaína no dia 19 de fevereiro matou uma criança que brincava no quintal.

Num período de quinze dias deste mês de fevereiro, quatro pessoas morreram vítimas de quedas de aviões de pequeno porte no Tocantins.  Três acidentes  ocorreram somente nesse mês e tem chamado a atenção para a segurança, ou a falta dela, do espaço aéreo tocantinense.

De acordo com reportagem da TV Anhanguera/Jornal Anhanguera 2ª Edição (26/02/2014), um levantamento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aponta que aproximadamente um quarto das aeronaves  no Tocantins falta documentação.  Dos 191 aviões registrados no estado  58 deles estão irregulares. Eles não possuem documentos ou certificações técnicas em dias e pelas regras do setor de aviação, não deveriam decolar.

O primeiro acidente aéreo do ano aconteceu na capital Palmas no último dia 09, causou três mortes. Segundo a Anac (Agência Nacional de Avião Civil), o avião não tinha condições seguras de voar e estava com a licença suspensa.

Dez dias depois, um avião de pequeno porte caiu em Araguaína atingiu uma casa e matou uma criança de oito anos que brincava no quintal. Outras duas ficaram feridas e o piloto sobreviveu. A aeronave estava com a documentação em dias e tinha permissão para voar.  Já nesta quarta-feira, 26, outro avião de pequeno porte fez um pouso forçado numa mata a 15 Km de Araguaína. Neste, não houve vítima fatal.

Os recentes acidentes trazem à tona um alerta para segurança do espaço aéreo tocantinense. A responsável pela fiscalização, a ANAC (Agência Nacional de Avião Civil) fechou o escritório no Tocantins há 05 anos, e desde então realiza os trabalhos à distância, cita reportagem.

Fonte: Araguaina noticias

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum