Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] Brasil poderá ser base de produção e venda de futuros Gripens para América do Sul e África

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] Brasil poderá ser base de produção e venda de futuros Gripens para América do Sul e África

Mensagem por Amilckar em Ter 31 Dez 2013, 12:54

Brasil poderá ser base de produção e venda de futuros Gripens para América do Sul e África


O governo sueco está trabalhando numa estratégia conjunta com a SAAB para estender uma oferta do Gripen E ao Brasil.


Nesta oferta o Brasil iria se tornar a base de produção primária para vendas futuras do Gripen E para a América do Sul e África, através de uma parceria de desenvolvimento e participação nos lucros (joint venture com a Embraer).
O primeiro-ministro da Suécia, Fredrik Reinfeldt, pretende convocar uma reunião interdepartamental, em janeiro, entre ministros relacionados com a venda do Gripen E para o Brasil. O Ministério do Comércio (Ministry of Trade – MOT) já está trabalhando em uma proposta que ligaria investimentos industriais de grande porte por alguns dos maiores sistemas de tecnologia empresas de manufatura da Suécia para o contrato de venda . A proposta deve incluir as empresas do setor não- defesa.


O governo sueco já confirmou que parte dos 36 caças Gripen E serão fabricados no Brasil em uma nova fábrica em São Paulo. Esta novainstalação deverá produzir o Gripen E ou o Gripen F (biplace) em apoio a todas as vendas futuras para outros países sul-americanos e africanos.
“O Brasil tem excelentes relações com seus vizinhos na América do Sul e com outros países em desenvolvimento. Isso é algo que queremos explorar . Vemos isso como apenas o início do que promete ser uma cooperação industrial muito frutífera entre a Suécia e o Brasil”, disse Lennart Sindahl , presidente da Saab Aeronáutica .


Os dois governos também estão discutindo uma solução provisória, antes da entrega dos primeiros Gripens em 2018, aonde o Brasil poderia alugar o Gripen C/D de excedentes da frota e estoque da Força Aérea Sueca.
O estoque atual da Força Aérea Sueca de Gripens nas versões mais velhas incluem cerca de 87 aeronaves Gripen C e 50 caças Gripen A, que datam de meados da década de 1990.


FONTE: Defense News – Tradução: CAVOK

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum