Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional]Ilusão somatográfica pode ter sido causa do acidente com o 737-500 da Tatarstan Airliners

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional]Ilusão somatográfica pode ter sido causa do acidente com o 737-500 da Tatarstan Airliners

Mensagem por Jonathan_Bauru em Qui 21 Nov 2013, 13:08



A análise inicial do Flight Data Recorder indicam que os pilotos do Tatarstan Boeing 737-500 que se acidentou em Kazan colocaram a aeronave em mergulho acentuado após a aeronave ter tido um pitch up após a arremetida.

O comitê de investigação russo diz que a tripulação acionou go around thrust após terem se dado conta da posição da aeronave em relação a pista. O piloto automático foi desconectado e a aeronave voava manualmente.

Como os motores aceleraram, a tripulação retraiu os flapes da posição 30° para 15°, porém esta aceleração aumentou o pitch, que por sua vez subiu para 25°. Este fato drenou a velocidade de 150kt para 125kt, diz o relatório preliminar.

Os investigadores atentam para o fato da aeronave não ter excedido o limite do angulo de ataque, indicando que não houve stall. Durante o intenso mergulho, a aeronave atingiu 75° de pitch down e tocou o solo a 240kt apenas 45 segundos após ter iniciado o procedimento de missed approach. Ambos os motores CFM56 estavam funcionando até o momento do impacto e não existe nenhuma indicação de falha nos sistemas.

Enquanto o FDR está ajudando com riqueza de informações, o Cockpit Voice Recoder ainda não foi encontrado.

A análise dos investigadores, apesar de ainda não ter caráter oficial pelo relatório não estar concluído, está sendo levantada a hipótese da ilusão somatográfica ter sido fator determinante para que o acidente ocorresse.

Ilusão somatográfica ocorre quando o cérebro na ausência de referências visuais, interpreta de forma errada as sensações ocasionadas pela rápida aceleração durante uma subida com pitch excessivo. Isso pode provocar nos pilotos uma reação de nose down input bastante agressiva, suficiente para colocar a aeronave em mergulho acentuado em baixa altitude.

Os investigadores estão examinando os procedimentos de treinamento da tripulação em colaboração com experientes pilotos russos de 737. A Tatarstan Airlines groundeou sua frota de 737 como precaução.

Fonte: AeroPortal

_________________
Intel Core i5 3330 3.0Ghz, 8GB RAM DDR3, 1TB HD, Motherboard ECS H61H2-M17, AMD Sapphire R7 260X 2GB DDR5 OC Edition, 430w EVGA 80 Plus, Monitor LED Full HD Samsung 21,5'' S22B300.

Jonathan_Bauru
Coronel
Coronel

Masculino
Inscrito em : 28/02/2011
Mensagens : 1271
Reputação : 147
Idade : 18
Simulador preferido : FS2004,FSX
Emprego/lazer : Estudante/PC, passear com a família.
Nacionalidade : Brasil

http://fstexturas.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum