Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional] Após 30 anos, rapaz que sequestrou avião para Cuba volta aos EUA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional] Após 30 anos, rapaz que sequestrou avião para Cuba volta aos EUA

Mensagem por Amilckar em Seg 11 Nov 2013, 12:13

Após 30 anos, rapaz que sequestrou avião para Cuba volta aos EUA

Ex-militante será processado por pirataria aérea, disse FBI.
William Ptts está sob custódia da Polícia Federal em Miami.

William Potts Jr. chega ao prédio do FBI em Miami
Foto: Getty Images/AFP, Joe Raedle


Um ex-militante dos Estados Unidos que sequestrou um avião para Cuba há quase 30 anos voltou na quarta-feira ao seu país natal, onde será processado por pirataria aérea, disse um porta-voz do FBI.


William Ptts está sob custódia da Polícia Federal norte-americana em Miami, e deve comparecer perante um juiz, segundo o agente especial Michael Leverock.

Asaga de Potts começou em 1984, quando ele embarcou num voo de Newark para Miami com um arma escondida, com a qual sequestrou o avião com 56 passageiros e obrigou o piloto a pousar em Havana, onde achou que seria bem recebido.

Ao invés disso, Potts foi preso e condenado por pirataria aérea. Cumpriu pena de 13 anos numa prisão cubana, e ao ser libertado permaneceu em Cuba, onde se casou e teve duas filhas, que moram nos EUA desde 2012.

"Estou muito ansioso por retornar, isso já dura muito tempo. Espero uma solução justa", disse Potts, de 56 anos, a jornalistas que o aguardavam na entrada do aeroporto José Martí, nos arredores de Havana.

Ele disse que espera que os EUA levem em conta a pena que ele já cumpriu em Cuba. "Cometi um crime, paguei o que devia e é isso."

Potts foi militante do grupo nacionalista negro norte-americano Panteras Negras. Acredita-se que mais de uma dúzia de seus integrantes ainda viva em Cuba depois de terem sequestrado aviões.

Fonte: Reuters via G1
Via: Aviationnews

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum