Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] PF prende comissários de bordo suspeitos de importação ilegal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] PF prende comissários de bordo suspeitos de importação ilegal

Mensagem por Amilckar em Qui 30 Maio 2013, 14:21

PF prende comissários de bordo suspeitos de importação ilegal



Segundo polícia, eles traziam smartphones, tablets, relógios e jogos.

Polícia Federal agora investiga quem receberia os produtos no Brasil.




Dois comissários de bordo foram presos suspeitos de descaminho na manhã desta terça-feira (28) quando desembarcavam com mercadorias no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, de acordo com a Polícia Federal.


Os dois traziam no avião, que vinha de Miami, uma carga ilegal de 14 smartphones, quatro tablets, três relógios e diversos jogos de videogame. Segundo a Receita Federal, as mercadorias foram avaliadas em US$ 25 mil.


Durante inspeção de rotina junto à máquina de raio-x, policiais encontraram muitos CDs de jogos e embalagens de smartphones e tablets vazias nas malas dos dois comissários. Questionados, disseram que os produtos haviam sido trazidos para o país em datas anteriores.


Porém, em uma revista pessoal, a Polícia Federal encontrou com eles smartphones, tablets e relógios, escondidos nas roupas que usavam. Os smartphones estavam ocultos em bermudas justas, usadas sob as calças dos uniformes. Os comissários também esconderam tablets debaixo das camisas e relógios em seus pulsos, segundo a PF.




Polícia apreendeu mercadorias com tripulantes de voo em Cumbica
Foto: Divulgação/Polícia Federal

No caso, o crime de descaminho é qualificado pelo não pagamento, no todo ou em parte, de um direito ou imposto devido pela entrada ou saída de um produto de um país. A pena varia de dois a oito anos de prisão. Se condenados, ela poderá ser aplicada em dobro, já que o crime aconteceu em um meio de transporte aéreo.


A Polícia Federal agora investiga quem seria o receptador das mercadorias no Brasil. Ainda segundo a polícia, um dos comissários era americano e o outro tinha origem porto-riquenha, nacionalizado americano.



Clique AQUI para assistir a reportagem.

Fonte: G1 São Paulo
Via: Aviationnews

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10848
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum