Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Internacional]As 20 piores companhias aéreas do mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Internacional]As 20 piores companhias aéreas do mundo

Mensagem por Amilckar em Qui 23 Maio 2013, 21:46

As 20 piores companhias aéreas do mundo



Pesquisa feita pela Business Insider mostra em quais empresas você pode ter surpresas desagradáveis ao embarcar e por que.


Longa experiência


Percorrer um longo trajeto sentado por horas em um assento da classe econômica de um avião pode, por si só, já ser uma experiência nada confortável. Mas essa situação com certeza pode piorar ainda mais se a refeição servida a bordo for ruim, o ambiente não for limpo e não houver nada de entretenimento para os passageiros durante o tempo de viagem.


Com o intuito de listar as piores companhias aéreas em longa distancia do mundo – e alertar as pessoas que forem encará-las para viagens a lazer ou a trabalho -, o Business Insider compilou dados de referências de passageiros, análises de conforto, limpeza e qualidade de refeições, segundo o medidor Skytrax, para apontar as 20 piores aéreas para se voar por um longo trajeto. As notas de avaliação das empresas vão até 100.


Veja o resultado a seguir ( as empresas estão listadas das ruins para as piores ainda).


20. Sky Express

Nota avaliação: 50



A companhia, que possui uma frota de 45 aviões entre os modelos Airbus e Boeing, teve de começar a locar mais aeronaves no ano passado pelo aumento de procura por voos em decorrência de peregrinações muçulmanas. Mas, segundo o Skytrax, a empresa oferece pouco entretenimento de voo, muita demora em responder pedidos de passageiros, fora que a limpeza dos aviões deixa a desejar.

18. Ryanair (empate)

Nota avaliação: 49,2



Esta companhia aérea "ultra-low-cost" está sediada em Dublin, Irlanda, e tem uma frota de mais de 300 aeronaves para o transporte de muitas pessoas durante seus voos. Seu lema é o de cobrar preços baixíssimos por tarifas – mas cobrar bem caro por qualquer adicional, como bagagens, remarcações, reservas e outros serviços. A empresa, que chega a cobrar 1 dólar para o uso de banheiro, cogita cobrar tarifas de pessoas adicionais obesas e agora ainda tem planos de reduzir o número de banheiros em suas aeronaves para que possa ganhar com o transporte de um número ainda maior de passageiros (mal acomodados, claro).

18. Merpati Nusantara Airlines (empate)

Nota avaliação: 49,2



Merpati Nusantara Airlines é uma companhia aérea da Indonésia, sediada em Jacarta, que opera voos domésticos e internacionais para diversos países – menos para a Europa, onde a companhia foi proibida de operar por ser considerada perigosa pelos órgãos do setor na União Europeia. Em compensação, para os que gostam de uma aventura, a companhia está no 18º lugar deste ranking por ter recebido uma nota boa no quesito entretenimento, composto por vídeos, rádios e outras maneiras de garantir que o passageiro se distraia durante a viagem.

17. Bangladesh Airlines

Nota avaliação: 49



A companhia aérea nacional do Bangladesh anunciou em abril que contratou seu primeiro CEO estrangeiro, Kevin Steele, ex-British Airways. Esta, ao menos, está autorizada a viajar pela União Europeia, e opera para 20 destinos diferentes.

16. Cubana Airlines

Nota avaliação: 47,7



A Cubana Airlines é proibida de voar para os EUA pelo embargo comercial americano contra Cuba, mas seus destinos internacionais incluem a Europa, Caribe, América Central e América do Sul. O governo cubano é o dono da companhia desde 1959 e garante a manutenção constante dos aviões, de fabricação russa. Ainda assim, recebeu classificação de duas estrelas da Skytrax pela falta de limpeza das cabines, pouca presença de tripulantes e demora nas respostas de pedidos de passageiros.

15. Nepal Airlines

Nota avaliação: 46,7



Os pontos fracos da companhia, segundo a pesquisa, incluem as refeições e as respostas do pessoal para as solicitações de passageiros. Além disso, a companhia tem métodos, digamos, mens ortodoxa de resolver seus problemas de segurança e manutenção. Em maio do ano passado, em vez de recorrer a técnicos e engenheiros para resolver problemas em suas aeronaves, executivos da companhia sacrificaram dois bodes para agradar Akash Bhairab, O deus hindu do céu, após problemas técnicos com uma de suas aeronaves, um Boeing 757.

14. Royal Air Maroc

Nota avaliação: 46,5



Royal Air Maroc é a maior companhia aérea de Marrocos e opera uma frota composta totalmente pelo modelo Boeing. A empresa tem um acordo com a UE, que traz a maioria dos seus visitantes internacionais e é a principal força motriz para a indústria de turismo do Marrocos. Segundo o ranking, a companhia recebeu baixa pontuação, em especial, pela falta de presença de tripulantes nos voos.

12. TAAG Angola Airlines (empate)

Nota avaliação: 45,8



A TAAG Angola Airlines já havia sido totalmente bloqueada a partir do espaço aéreo da União Europeia, mas acabou revertendo a situação pela promessa de se comprometer com itens de segurança. Recentemente, a companhia aumentou ainda o número de voos pra Cuba e Zimbábue. A baixa pontuação da companhia foi dada pelos passageiros, que deram 3,5 pontos em 10 para a companhia em suas avaliações gerais de atendimento.

12. Pegasus Airlines (empate)

Nota avaliação: 45,8



Segunda maior companhia aérea da Turquia, a Pegasus Airlines é uma empresa de aviação de baixo custo, mas nenhuma de suas classificações ficou acima de três estrelas. Isso pode mudar nos próximos anos, com a melhor da situação financeira da companhia, que se prepara para fazer uma abertura de capital na Turquia. A ideia ainda é criar novas rotas para Atenas e Doha e aumentar as encomendas dos aviões Airbus.

11. Spirit

Nota avaliação: 45



Além de estar na lista das empresas que não podem operar na Europa, a Spirit é conhecida por cobrar taxas escandalosas por serviços adicionais e, segundo a pesquisa, por oferecer baixa qualidade de serviços durante o voo da classe econômica.

10. Syrian Air

Nota avaliação: 44,8



A Syrian Air está operando hoje muito menos voos do que no passado, desde que entrou na lista das doze companhias proibidas de voar pela União Europeia, em abril. Em 2012, um de seus aviões colidiram em pleno ar com um helicóptero militar, sobre Damasco. O avião, com 200 pessoas, pousou em segurança, mas o helicóptero foi destruído.

9. Tajik Air

Nota avaliação: 43,3



A empresa aérea do Tajiquistão, país que faz fronteira com o Afeganistão, entre outros, recebeu baixos pontos por não ofertar conforto nos voos, nem uma boa interação dos tripulantes com os passageiros. Mas há ainda um setor bem pior avaliado: segurança. O último acidente fatal envolvendo a companhia aconteceu em 1997, quando 79 passageiros foram mortos em um voo que acontecia entre o Tajiquistão e os Emirados Árabes.

8. Iceland Express

Nota avaliação: 42,8



Iceland Express é uma transportadora americana de baixo custo, composta por apenas dois Airbus A320s e a companhia foi adquirida pela transportadora WOW Air em outubro de 2012. A baixa avaliação da companhia se deve ao serviço de refeições ruim, a presença escassa do pessoal de cabine e assistência durante o embarque que deixa a desejar.

7. Rossiya Airlines

Nota avaliação: 42,7



A Rossiya Airlines acaba de concluir um programa de renovação da frota, mas isso pode não ser suficiente para bater-lo fora desta lista. A maior parte de seus aviões é de Airbus, mas tem Boeings e aviões de fabricação russa também.

6. Bulgaria Air

Nota avaliação: 41,8



Fundada em 2002, a Bulgaria Air é baseada fora da capital da Bulgária, Sófia, e conta com uma frota de 18 aviões. Recentemente, adicionou voos mais baratos rumo à Amsterdã, com o intuito de facilitar a conexão para os Estados Unidos, Canadá e resto da Europa. A baixa pontuação se deve às avaliações dos passageiros pela falta de cobertores e travesseiros nos voos, pouca eficiência do serviço e habilidades de linguagem dos tripulantes.

5. Air Koryo

Nota avaliação: 39,2



Os voos da companhia aérea estatal da Coreia do Norte receberam uma baixíssima avaliação dos passageiros por motivos compreensíveis: as viagens incluem “música de marcha revolucionária” e os alimentos são descritos nos cardápios dos voos como apenas “comestíveis”. Sem ar-condicionado, uma quantidade de vapor é disparada por compartimentos durante o trajeto.

4. Uzbekistan Airways

Nota avaliação: 37,5



Desde o seu primeiro voo, em 1992, a Uzbekistan Airways teve três acidentes fatais, com um total de 54 pessoas mortas. A companhia, do país Usbequistão, na Ásia Central, recebeu baixa classificação pelo entretenimento em voo, acomodações e resposta a pedidos de passageiros.

3. Ukraine International Airlines

Nota avaliação: 36,3



A companhia da Ucrânia é baseada em Kiev e opera voos para mais de 60 destinos na Europa, Oriente Médio e Ásia. Teve baixa pontuação em itens como limpeza e segurança.

2. Sudan Airways

Nota avaliação: 33,3



Sudan Airways é a segunda pior companhia aérea do mundo para viajantes econômicos, segundo a pesquisa. Ok, ela até recebeu boa pontuação para o tamanho de seu assento mas, em compensação, recebeu algumas das piores notas em outras categorias consideradas. A companhia aérea está proibida pela União Europeia e serve apenas destinos dentro do Sudão, na África e no Oriente Médio.

1. Turkmenistan Airlines

Nota avaliação: 30,8



A Turkmenistan Airlines, companhia do Turcomenistão, na Ásia Central, é a pior companhia aérea para se voar em classe econômica, de acordo com o ranking. A empresa é a primeira de um país da ex-URSS a usar aeronaves Boeing e ter todos os pilotos de voos internacionais treinados no ocidente. No entanto, os rankings terríveis sobre ela no Skytrax para entretenimento a bordo, conforto dos bancos, eficiência do serviço, resposta pessoal às solicitações dos passageiros e competências linguísticas dos tripulantes, a colocaram no primeiro lugar entre as piores do mundo.

Fonte: Tatiana Vaz (Exame.com) - Fotos: Wikicommons
Via: Aviationnews

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum