Voo Virtual
Olá, seja bem-vindo(a) ao Voo Virtual. Caso ainda não seja membro da nossa comunidade, registre-se, para que possa participar ativamente e ter acesso a todos os conteúdos do site.
Por favor leia as regras do fórum aqui antes de postar, para evitar advertências e suspensão.


[Brasil] MPF aciona prefeitura de São Luís para evitar riscos de acidentes aéreos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Brasil] MPF aciona prefeitura de São Luís para evitar riscos de acidentes aéreos

Mensagem por Amilckar em Qua 27 Mar 2013, 21:42

MPF aciona prefeitura de São Luís para evitar riscos de acidentes aéreos

Ação pretende que prefeitura tome medidas para reduzir choques com aves.


Entre as medidas, a limpeza das áreas próximas ao aeroporto.



Em fevereiro, o voo 3183 teve que ser interrompido após choque com uma ave


O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA) propôs uma ação civil pública contra o município de São Luís, para reduzir o risco de acidentes aéreos provocados pela colisão entre aviões e aves que circulam nos arredores do Aeroporto Marechal Cunha Machado.


De acordo com a Procuradoria da República, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) identificou diversos pontos que são atrativos de aves, especialmente urubus, no entorno do aeroporto, como depósitos irregulares de lixo, granjas e matadouros.


Ainda segundo o MPF, apesar da notificação do município, os problemas persistem. Entre as medidas solicitadas na ação, o Ministério Público Federal quer que a prefeitura faça a limpeza das áreas próximas ao aeroporto e adote medidas para evitar o funcionamento dos depósitos de lixos irregulares.


Em fevereiro, uma ave colidiu com a aeronave do voo JJ 3183 da TAM, forçando o comandante a retornar ao aeroporto Hugo da Cunha Machado e realizar o processo de aterrissagem.


Ações


Em outro processo que tramita na Justiça Federal do Maranhão, o MPF acionou o município de Paço do Lumiar, com o objetivo de sanar problemas parecidos ocasionados pelo Aterro de Paço do Lumiar. O Ministério Público Estadual, através da Promotoria de Meio Ambiente, também acionou o Estado do Maranhão, o município de São Luís e a extinta Companhia de Limpeza e Serviços Urbanos (Coliseu), e obteve decisão da Justiça Estadual determinando diversas providências para corrigir o risco em função da presença de aves nos arredores do aterro da Ribeira.


Fonte: G1 MA - Foto: De Jesus/O Estado
Via: Aviationnews

_________________
Carlos Amilckar

Amilckar
Colaborador - Notícias de aviação
Colaborador - Notícias de aviação

Masculino
Inscrito em : 12/10/2009
Mensagens : 10849
Reputação : 494
Idade : 51
Simulador preferido : FSX
Emprego/lazer : Militar aposentado
Nacionalidade : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum